Emirates critica GDS e chama distribuidores de "parasitas"

|

Clark polemizou ao criticar sistemas de distribuição

Durante o Festival de Aviação, realizado em Londres entre os dias 7 e 9 desse mês, o presidente da Emirates, Tim Clark, disse acreditar em uma ruptura nas plataformas de distribuição digital, que serão reformuladas e se tornarão mais ágeis.

“Somos uma indústria constrangida pela distribuição digital e não estou satisfeito com o sistema GDS, já que não o considero apto para comportar as mudanças que virão nos próximos cinco ou dez anos”, enfatizou Clark, lembrando que a aérea está trabalhando em sua própria plataforma de vendas on-line.

“Não dá mais para ter empresas intermediárias acessando nosso portfólio de produtos e nos cobrando pelo uso de seus serviços”, ressalta, afirmando que muitos canais de distribuição se tornam “parasitas” ao tomar o valor da companhia aérea a fim de apoiar seus próprios modelos de negócios.

"O ideal seria que o consumidor pensasse diretamente na companhia aérea na hora de viajar, e não em outras empresas", ressaltou o presidente da Emirates.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA