Lucro líquido de American Airlines cai 67% no 1T17

|

Divulgação
A American Airlines registrou um lucro líquido de US$ 234 milhões no primeiro trimestre de 2017 — cerca 66,6% inferior ao lucro líquido de US $ 700 milhões que foi registrado no mesmo período em 2016.

Ainda de acordo com os resultados divulgados, a receita cresceu 2%, alcançando a marca de US$ 9,6 bilhões, porém, as despesas aumentaram 11,4%, no total de US$ 9 bilhões, gerando um lucro operacional de US$ 600 milhões.

Com os números apresentados, o lucro operacional da empresa nos primeiros três meses de 2017 foi 55% menor que o do ano passado, que totalizou US$ 1,4 bilhão.

Segundo a aérea, o desempenho não muito satisfatório se deve, sobretudo, à alta nos preços do combustível. Apesar disso, muitos economistas questionaram se parte do desempenho também não teria sido afetado pelos aumentos salariais dados aos funcionários O CEO da companhia, Doug Parker, nega a possibilidade.

Ainda segundo o relatório, o tráfego consolidado no primeiro trimestre do ano diminuiu 1,5% para 51 bilhões de RPM (passageiros por milhas). Houve uma queda de 1,1% na capacidade para 64,3 bilhões de ASK (assentos-quilômetro oferecidos), gerando um fator de carga de 79,2%, um queda de 0,4 ponto percentual. O rendimento, contudo, aumentou 2,4%.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA