AEROPORTOS

Tráfego aéreo internacional cresceu 6% nos EUA em 2016

Pixabay

Dados sobre o tráfego aéreo internacional nos Estados Unidos, divulgados em relatório do National Travel & Tourism Office (NTTO), apontam que o país registrou recorde de 220,8 milhões de passageiros em 2016, alta de 6% sobre 2015.

Os estrangeiros formaram 54% do total de passageiros, e as companhias aéreas não-americanas cresceram 9% em participação sobre 2015, sendo responsáveis por 52% do tráfego.

Sem levar em conta os outros países da América do Norte, o continente que mais recebeu e enviou voos com destinos aos Estados Unidos foi a Europa, com 28% de participação, seguida pela Ásia, com 15%. O tráfego aéreo entre China e Estados Unidos cresceu 18% em 2016.

O ano passado também foi marcado pelo acordo entre Cuba e Estados Unidos, formalizado em fevereiro. Após a medida, foram feitas 20 frequências diárias entre o país norte-americano e Havana, enquanto outras cidades da ilha receberam mais dez voos por dia. Foram 2.255 voos em 2016, sendo pouco mais de mil apenas em dezembro.

Veja na tabela abaixo as companhias aéreas que mais transportaram passageiros (em milhões) com origem ou destino nos Estados Unidos.

United Airlines30,37
American Airlines29,06
Delta Air Lines24,70
British Airways7,37
Jetblue Airways7,19
Lufthansa5,85
Air Canada4,48
West Jet4,40
Aero Mexico3,75
Virgin Atlantic3,74

O relatório destaca ainda o crescimento da Norwegian Air Services, que teve alta de 57% no número de passageiros transportados em relação a 2015, chegando a 1,75 milhão.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA