Amsterdã supera Londres e em conectividade na Europa

|


Divulgação
Aeroporto de Schiphol superou o de Heathrow como o maior europeu
Aeroporto de Schiphol superou o de Heathrow como o maior europeu
O Aeroporto de Schiphol, em Amsterdã, acaba de alcançar uma marca histórica. De acordo com o Airports Council International (ACI), ele acaba de se tornar o maior aeroporto da Europa em termos de conectividade direta, ultrapassando o Heathrow, em Londres, que dominava a lista.

Ainda segundo o ACI, Schiphol subiu da sexta para a primeira colocação em dez anos, e um dos principais fatores que levaram ao crescimento foi o aumento das operadoras de baixo custo, que hoje já representam 21% dos voos diretos em operação no complexo. O crescimento de Heathrow, por outro lado, teria sido limitado devido a falta de capacidade.

Completam a lista dos cinco maiores do continente os aeroportos de Frankfurt, de Paris (Charles de Gaulle) e Istambul Ataturk. Frankfurt, inclusive, segue como o aeroporto com maior número de voos de conexão no mundo todo, seguido por Amsterdã, Dallas, Paris e Atlanta; já o aeroporto de Abu Dhabi é o que teve maior crescimento desde 2007, seguido de Delhi e Guangzhou.

O Aeroporto de Schiphol é o hub da KLM.

CRESCIMENTO DAS LOW COST
Em relatório de conectividade da indústria aérea, o ACI identificou que os voos diretos, pelo segundo ano seguido, têm crescido mais do que voos indiretos e com conexões, o que é refletido pela expansão das aéreas low cost. Nos últimos dez anos, ainda segundo a entidade, 99% do crescimento em tráfego de passageiros nos 20 maiores aeroportos europeus foram de responsabilidade das operadoras de baixo custo.

Para o diretor geral do ACI, Olivier Jankovec, esse é um movimento sem volta: "A revolução das low cost está em andamento, e nada a impedirá", afirmou. "As operadoras de baixo custo se mudaram para aeroportos e hubs maiores, e agora estão fazendo incursões no mercado de longa distância. Os aeroportos europeus terão 87 rotas de longa distância realizados por aéreas low cost este ano, contra apenas 14 operadas quatro anos atrás", finalizou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA