Confirmado: Delta vai construir terminal de US$ 4 bi em NY

|


Delta
Instalações contarão com 37 portões integrados a um lobby de check-in e despacho de bagagem
Instalações contarão com 37 portões integrados a um lobby de check-in e despacho de bagagem
O fim da temporada de verão nos Estados Unidos marcará o início das obras do novo terminal da Delta no Aeroporto de La Guardia (NY). O anúncio aconteceu nesta segunda-feira (24), após a autorização do órgão que regula as ações portuárias nas cidades de Nova York e Nova Jersey confirmar a concessão de US$ 600 milhões ao projeto da companhia aérea, que ainda investirá mais US$ 3,4 bilhões em seu novo empreendimento.

A Delta substituirá os terminais C e D do aeroporto por uma instalação totalmente nova e sustentável para abrigar toda a frota da companhia. Serão 37 portões conectados a um lobby central de check-in, área de segurança e despacho de bagagens, além de novos acessos para o estacionamento, embarques e desembarques.
Delta
Novo espaço abrigará toda a frota da Delta no Aeroporto de La Guardia, em Nova York
Novo espaço abrigará toda a frota da Delta no Aeroporto de La Guardia, em Nova York

"Com a aprovação do novo contrato da Delta no La Guardia, estamos ansiosos para abrir caminho às nossas novas instalações. Esse é um passo importante em um dos nossos maiores centros", comemorou o CEO da Delta, Ed Bastian. "Agradecemos a Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey pela parceria na transformação de La Guardia em um aeroporto de nível mundial."

Ao todo, o novo projeto da Delta deverá custar U$ 4 bilhões, sendo apenas US$ 600 milhões concedidos pelo governo. O resto do montante será provido pela iniciativa privada, uma vez que as autoridades ainda ressaltaram que custos adicionais, caso sejam necessários, também ficarão à cargo da companhia.

Desde 2006, a Delta já participou de projetos aeroportuários que resultam em mais de US$ 7 bilhões. Agora, além do investimento em Nova York, a aérea também planeja novos investimentos, tendo Los Angeles, Seatlle (WA) e Salt Lake City entre os principais alvos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA