HNA entra em consórcio e fica com 2,5% da Tap, diz jornal

|

Divulgação
Segundo publicação do jornal português O Público, o Grupo HNA, um dos maiores da aviação chinesa e que já possui participação na Azul Linhas Aéreas, efetivou sua entrada no capital do consórcio Atlantic Gateway, de David Neeleman e Humberto Pedrosa, ficando com uma participação de 5,6%. Assim, indiretamente os chineses ficaram também com 2,52% do capital da Tap – embora nominalmente a participação continue sendo de 45% do consórcio como um todo.

Consultada pelo Portal PANROTAS, a Tap não confirmou a informação obtida pelo veículo português.

A entrada do HNA no consórcio foi feito por meio da Hainan Airlines, com uma aplicação de 84 mil euros. Com isso, quem reduziu sua participação no Atlantic Gateway foi o próprio Neeleman, de 49% para 43,4%, enquanto Humberto Pedrosa manteve seus 51%.

Ademais aos 45% do Atlantic Gateway, a Tap continua com 50% das ações pertencendo ao governo português, e 5% com os trabalhadores da empresa.

Além da composição acionária, a Tap passou também por mudanças no seu conselho administrativo. Ex-presidente da Azul, Antonoaldo Neves ganhou uma cadeira no colegiado, em um dos lugares de direito da Atlantic Gateway. No seu lugar na aérea brasileira, foi anunciado recentemente John Rodgerson.


*Fonte: O Público

conteúdo original: http://bit.ly/2tEF4lI
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA