AEROPORTOS

Lucro da United cai 34% após tempestades nos EUA

Flickr/InSapphoWeTrust
A United Airlines afirmou ontem (18) que o seu lucro líquido do terceiro trimestre caiu menos do que os investidores temiam, de acordo com informações da agência Reuters. Foram US$ 185 milhões de prejuízo, sem considerar impostos, devido aos voos cancelados durante a temporada de furacões no Atlântico.

Para o atual trimestre, a previsão da margem de impostos é de 3% a 5%, uma queda acentuada de 9,8% em relação ao ano passado. Grande parte desse índice é resultado de uma guerra tarifária cada vez mais competitiva em mercados-chave contra transportadoras de baixo custo como a Spirit e Frontier Airlines.

A companhia aérea reconheceu o impacto de curto prazo ao reduzir o preço de tarifas como forma de concorrência, mas disse que continuará agindo até superar suas rivais low-cost. Em paralelo, a receita de passageiros por milha caiu 3,7%, e cerca de um ponto desse percentual foi justificado pelas interrupções causadas por tempestades. Anteriormente, a companhia previu para o trimestre uma queda de 1% a 3%.

O lucro líquido foi de US$ 637 milhões, queda de 34% em relação aos US$ 965 milhões no trimestre do ano anterior. Desconsiderando alguns encargos especiais, a United informou lucro de US$ 2,22 por ação, próximo da previsão média de Wall Street, que foi de US$ 2,16.


*Fonte: Reuters

conteúdo original: http://reut.rs/2gQRmTR
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA