ENTRETENIMENTO

Ilesa após Irma, Jamaica se solidariza com países afetados

A temporada de furacões na região do mar do Caribe tem sido especialmente devastadora em 2017. Os estragos ocasionados por esses fenômenos foram enormes, principalmente em decorrência do categoria cinco Irma, que destruiu estruturas e isolou populações tanto das ilhas caribenhas como de cidades norte-americanas. A Jamaica, no entanto, foi poupada. Em mensagem recente a agentes de viagens, o diretor do conselho de Turismo da Jamaica, Donnie Dawson, atualizou a situação na ilha.

Dawson inicia o comunicado externando seu contentamento pelo país ter sido poupado dos “efeitos devastadores do furacão Irma”. “Enquanto não tivemos impacto do furacão, estamos tristes que nossos vizinhos no norte do Caribe foram afetados”, disse, enfatizando que “parte da coordenação das ações de apoio às ilhas afetadas tem sido realizadas pela Jamaica”.

Donnie Dawson elenca atividades que se mantiveram operantes durante o período, como aeroportos e portos. “Nenhuma danificação estrutural em hotéis foi reportada e os resorts seguem abertos”, escreve.

“Nós estamos ansiosos em continuar com o forte crescimento que a Jamaica tem presenciado nos últimos seis meses e estamos trabalhando em diversos eventos que nossos clientes irão desfrutar”, finaliza o diretor de Turismo da Jamaica.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA