Guilherme Paulus: dicas para ganhar dinheiro no Turismo | Operadoras | PANROTAS
OPERADORAS

Guilherme Paulus: dicas para ganhar dinheiro no Turismo

Ter o próprio negócio é o sonho de muitos brasileiros, mas com a economia lentamente se recuperando de uma grave recessão econômica, a questão que fica é: como empreender no Turismo brasileiro nos dias atuais? Segundo o ministro Marx Beltrão, cerca de 90% das empresas que fomentam o Turismo brasileiro são micro e pequenas empresas, o que mostra um grande espaço para quem sonha em abrir o próprio negócio e ser um empreendedor. E ninguém melhor para falar sobre esse assunto do que o fundador da maior empresa de Turismo do País, a CVC, Guilherme Paulus, hoje presidente do conselho da companhia e presidente da rede GJP. Ele contou, em um bate-papo com Beltrão ao vivo pelo Facebook, como conseguiu erguer o principal império no setor de viagens do Brasil.

Emerson Souza
Fundador da CVC e com uma fortuna hoje estimada em R$ 1,9 bilhão, Guilherme Paulus está na lista de brasileiros bilionários da FORBES Brasil
Fundador da CVC e com uma fortuna hoje estimada em R$ 1,9 bilhão, Guilherme Paulus está na lista de brasileiros bilionários da FORBES Brasil

Veja abaixo algumas lições do empresário para quem pensar em empreender e ganhar dinheiro com Turismo:

CONHEÇA DE PERTO O SEU NEGÓCIO
Muitas pessoas abrem uma agência de viagens, ou uma pousada, e não obtêm sucesso. Antes de mais nada, é importante estudar e analisar o ramo do seu negócio. São raros os casos de pessoas que começam a empreender sem conhecimento nenhum e se dão bem. “Não dá para cair de paraquedas em um negócio, sem conhecimento algum. Trabalhe em uma pousada, em um hotel para ver de perto como as coisas funcionam no dia a dia. Só dessa forma terá certeza se é realmente isso que você quer para a sua vida", indicou Paulus.

COLOQUE-SE NO LUGAR DO SEU CLIENTE
"Conheça o tamanho do bolso do seu público-alvo e do produto que você está ofertando, e pergunte-se: Eu compraria esse produto que estou vendendo?", pondera o empresário.

DEDICAÇÃO
Como em todo negócio, não só no ramo turístico, é importante que todas as energias e os pensamentos estejam focados no seu novo business, sem distrações. Dedique seu dia inteiro a essa atividade. Como o executivo diz em suas próprias palavras: “tome café, almoce e jante com o seu negócio.”

INVISTA NAS REDES SOCIAIS, MAS NÃO FUJA DO CONTATO FÍSICO
Segundo o fundador da startup de cicloturismo Logística Aventura, Nilo Sergio Lanza, as redes sociais desempenham papel crucial na divulgação e promoção do Turismo. “São quase 20 mil pessoas que nos seguem. As pessoas compartilham fotos e experiências que tiveram. Sem as redes sociais, nossa empresa estaria no papel.”

Guilherme Paulus reconhece a importância das redes sociais, porém ressalta que o vendedor ainda é a peça principal. No contato físico, seja pelo aperto de mão ou pelo olho no olho, o cliente sente mais segurança. Uma das funções do Turismo é receber bem as pessoas.

EXPLORE O BRASIL
Há vários nichos turísticos com potencial para crescer e gerar muitos empregos. Mesmo em um cenário de dificuldade, a capacidade de improvisar é necessária, e é possível superar isso com as próprias belezas naturais que o País oferece. É importante ter conhecimento sobre as regiões turísticas mais fortes, e inovar, sempre. Por exemplo, se for trabalhar com Amazônia, faça uma experiência de turismo em uma tribo indígena."Surpreenda seu cliente", sugere.

"Acredite no Turismo, pois é uma indústria da paz que une os povos e as pessoas. Venha com fé porque dá certo”, finalizou Paulus.


Maria Izabel Reigada
Marx Beltrão, ministro do Turismo
Marx Beltrão, ministro do Turismo



 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA