Colômbia exige vacina de febre amarela a brasileiros; veja

|

A partir deste mês, todos os turistas brasileiros que desejam visitar a Colômbia deverão apresentar o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP) contra a febre amarela. O requisito obrigatório foi anunciado pelo Ministério de Saúde e Proteção Social da Colômbia, em conjunto com a Unidade Administrativa Especial da Aeronáutica Civil do país.

A decisão da entidade colombiana foi tomada em resposta “aos recentes casos de febre amarela no Brasil, que já levaram 150 vítimas ao óbito”, explicou o Consulado Comercial da República da Colômbia no Brasil, o Pro Colômbia.

A vacina deve ser aplicada ao menos dez dias antes da entrada do turista em território colombiano, e que o Certificado Internacional de Vacinação tem validade de dez anos.

Segundo o site da Anvisa, qualquer pessoa pode obter a vacina gratuitamente em um posto de saúde do SUS ou deve procurar os serviços de vacinação privados credenciados, e para obter o certificado internacional é preciso apresentar o cartão nacional de vacinação e um documento de identidade original com foto.

Para mais informações, consulte o site da Anvisa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA