Vacina contra febre amarela tem validade indeterminada

|




A Organização Mundial de Saúde (OMS) chegou a conclusão de que não é mais necessário renovar, a cada dez anos, a vacina contra febre amarela. A partir de um estudo divulgado pela entidade, uma dose da vacina é válida para a vida inteira. Portanto, os viajantes não precisam mais renovar as vacinas para entrar em alguns países (veja a lista abaixo).

A medida foi adotada durante a Assembleia Mundial de Saúde, em julho, quando ficou acordado que todos os 196 países signatários da entidade passassem a adotar a nova medida. No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já emite certificados internacionais de vacinação com a designação “válido por toda a vida”.

Por ter casos registrados em quase todo o território nacional, o Brasil é considerado um país endêmico para a doença. Por isso muitos destinos exigem que os viajantes se vacinem, com no mínimo dez dias de antecedência.

Confira a lista de países que exigem a vacina contra febre amarela:

América do Sul: Equador, Bolívia, Paraguai, Guiana, Guiana Francesa e Suriname
América do Norte: México
América Central/Caribe: Toda a região, exceto Cuba, Nicarágua, República Dominicana, Panamá, Haiti, Porto Rico e Ilhas Virgens (Britânicas e Americanas)
Europa: Malta e Albânia
África: Todos os países, menos o Sudão do Sul
Oceania: Austrália, Polinésia Francesa, Fiji, Nova Caledônia e Samoa
Oriente Médio: Líbano, Arábia Saudita, Irã, Iraque, Jordânia, Omã, Bahrein e Iêmen
Ásia: China (menos Hong Kong e Macau), Coreia do Norte, Índia, Camboja, Tailândia, Laos, Butão, Vietnã, Filipinas, Indonésia, Cazaquistão, Quirguistão, Malásia, Brunei, Nepal e Cingapura
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA