Estados Unidos suspendem emissão de vistos na Turquia

|

Pixabay
Os Estados Unidos e a Turquia informaram ontem (8) a suspensão temporária de vistos aos cidadãos de um país e que desejam visitar ao outro. A medida foi tomada após as autoridades turcas prenderem um funcionário do consulado norte-americano. Por conta da tensão entre os dois países, o mercado financeiro internacional também foi afetado com uma alta do dólar.

A suspensão, de acordo com a embaixada dos Estados Unidos, visa minimizar o número de visitantes em suas sedes diplomáticas na Turquia por motivos de segurança. “Os fatos recentes forçaram o governo dos Estados Unidos a reavaliar o compromisso da Turquia com a segurança das sedes diplomáticas norte-americanas e seu pessoal”, comunicou em nota a embaixada estadunidense.

Há apenas duas semanas, Donald Trump havia elogiado o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, quando estiveram juntos na Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova York. A prisão do funcionário do consulado, no entanto, mudou a relação entre os dois países. Embora o governo norte-americano tenha se dito “profundamente perturbado”, a Turquia afirma que o cidadão turco detido não era parte do quadro de funcionários da embaixada.


*Fonte: Skift

conteúdo original: http://bit.ly/2y5BxCl
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA