TURISMO

Após três meses, Cade aprova compra da Trend pela CVC

Emerson Souza
Do Grupo CVC: Luiz Eduardo Falco, Marcelo Sanovicz, Guilherme Paulus e Valter Patriani
Do Grupo CVC: Luiz Eduardo Falco, Marcelo Sanovicz, Guilherme Paulus e Valter Patriani
O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a compra de 90% do Grupo Trend pela CVC, segundo despacho divulgado no Diário Oficial da União (DOU) de hoje. Há cerca de duas semanas, o fundador e presidente do Conselho da CVC, Guilherme Paulus, revelou à reportagem que a confirmação deveria sair “nos próximos dias”.

O relatório da Superintendência Geral do Cade concluiu que a operação “não levanta maiores preocupações em termos concorrenciais”.

“A CVC não irá adquirir as quotas integrantes do capital social da Trend Participações, da Trend Operadora e da Trend Fairs, mas tão somente os principais negócios destas sociedades, de modo que tais sociedades deverão transferir ativos e passivos para a Check In, que terá sua denominação social alterada para Trend Viagens S.A”, destacou o Cade.

A negociação foi anunciada pela CVC há pouco mais de três meses, em 3 de maio, por R$ 258 milhões. O Grupo Trend tem hoje mais de 800 colaboradores que se dividem em seis empresas: Trend Operadora, Shop Hotel, TC World, Trend Travel USA, Trend Tech e Vacation Homes Collection (VHC).

Somente no primeiro semestre, a CVC chegou a R$ 4,8 bilhões em reservas confirmadas. Com dinheiro em caixa, o grupo também surpreendeu, no último dia de 2016, ao comprar a Experimento Intercâmbio, e, neste ano, ao adquirir 100% do capital da Rextur Advance. Os rumores da indústria dizem que a empresa presidida por Luiz Eduardo Falco pode chegar a outras negociações.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA