Carnaval injetará R$ 11,4 bilhões na economia

|


Marluce Balbino
Carnaval carioca
Carnaval carioca
Segundo estimativas do Ministério do Turismo, o Carnaval 2018 injetará R$ 11,14 bilhões na economia nacional, resultado de um recorde na movimentação turística. Serão 10,7 milhões de viajantes brasileiros e 400 mil turistas internacionais.

“Estamos vivendo a expectativa de ter o melhor carnaval da história para o setor turístico e as previsões de números de viajantes e de movimentação financeira comprovam isso. Isso é resultado de um trabalho que vem sendo feito para preparar cada vez mais os destinos para receberem os visitantes de todo o Brasil e também do mundo, com a melhoria de infraestrutura, qualificação dos serviços e legalização do setor”, afirmou o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

As cidades mais procuradas, segundo pesquisa do MTur, são Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Salvador (BA), Belo Horizonte (MG), Recife e Olinda (PE). Juntos, os seis destinos são responsáveis por 65% de toda a movimentação financeira no período: R$ 7,4 bilhões. De acordo com projeções da Abav, as vendas dos pacotes de viagens aumentarão 15% em relação ao mesmo período de 2017. Além das cidades conhecidas pela folia, Foz do Iguaçu (PR) e os cruzeiros também estão na lista de opções que se beneficiam da folia e do feriado.

CARNAVAL CARIOCA
No Rio de Janeiro são estimados 6,5 milhões de foliões sendo 1,5 milhão de turistas que, junto com os moradores, devem movimentar R$ 3,5 bilhões na capital. Os hotéis esperam chegar à marca de 85% de ocupação média na cidade, número 7% maior que o do ano passado, que foi de 78%. De acordo com o SindHotéis Rio, até o momento, cerca de 78% dos quartos de hotéis localizados na Zona Sul da capital, com Copacabana à frente, estão reservados. Na Barra da Tijuca, o índice de reservas já é de 70%.

SÃO PAULO
Segundo a São Paulo Turismo (SP Turis), as atrações do Sambódromo e do Carnaval de Rua devem movimentar R$ 464 milhões para o Turismo da cidade. A região litorânea também será beneficiada e registra ocupação de 90% na rede hoteleira.

BAHIA
Salvador, conhecida por ser uma referência em carnaval, vai receber 770 mil turistas, sendo 400 mil do interior da Bahia e 300 mil de outros Estados, como Rio de Janeiro, São Paulo, Pernambuco, Sergipe e Minas Gerais. Além dos brasileiros, 70 mil estrangeiros deverão chegar principalmente da Argentina, França, Chile, Alemanha e Uruguai. Durante a festa, a capital baiana deve arrecadar R$ 1,7 bilhão e ocupar 98% dos quartos hotéis em toda a cidade, chegando a 100% nos estabelecimentos próximos aos circuitos do carnaval. No período da folia, os turistas nacionais chegam a desembolsar, em média, R$ 4.915 e os estrangeiros R$ 3.500.

OUTROS DESTINOS
Belo Horizonte espera ampliar a folia em 2018. A expectativa é registrar um crescimento de 20% no público esperado e também na movimentação financeira, chegando a 3,6 milhões de foliões que deverão deixar R$ 637 milhões na cidade. Na capital mineira, os atrativos serão os 480 blocos de rua cadastrados que farão cerca de 550 cortejos, número superior ao de 2017, quando 416 desfiles alegraram a cidade.

Já Pernambuco espera receber 1,7 milhão de foliões e arrecadar R$ 1,2 bilhão. A ocupação hoteleira também trará números altos para 2018 e chegará a 95%. No Recife, serão 43 polos de animação espalhados pela cidade com mais de duas mil apresentações. Já Olinda terá como tema este ano “Olinda, terra de gigantes”, e conterá 230 atrações artísticas, 80 cortejos itinerantes, 300 orquestras de frevo, 60 agremiações e 1,5 mil blocos, troças, maracatus, afoxés, caboclinhos, clubes, dentre outros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA