Braztoa lança programa com foco em sustentabilidade

|

PANROTAS / Emerson Souza
Marco Ferraz e Ana Carina Homa (Braztoa) ao lado de Fábio Mendez (Travelport) e Naut Kusters (Travelife)
Marco Ferraz e Ana Carina Homa (Braztoa) ao lado de Fábio Mendez (Travelport) e Naut Kusters (Travelife)
A Braztoa apresentou, durante o 36º Encontro Comercial da entidade, o Programa Braztoa de Sustentabilidade, desenvolvido desde 2009 pela assessora socioambiental Ana Carina Homa. A iniciativa consiste em trazer ações sustentáveis e economicamente viáveis para os operadores.

O primeiro passo para que o programa pudesse ser aplicado foi a inserção no Estatuto Social da entidade. Um grupo de trabalho composto por integrantes das empresas associadas foi montado com o objetivo de receber treinamento e disseminar o conhecimento do tema.

“Este projeto existe em função da necessidade dos associados Braztoa. Esta é uma causa socialmente justa e economicamente viável. Precisamos do engajamento e apoio de todos”, disse Ana Carina.

Para desenvolver o projeto, a Braztoa firmou parcerias. Uma delas é com a Travelport, que, desde 2008, compõe o programa Por um Trade mais Verde. “Temos outros projetos ligados à sustentabilidade e, com todas as ações, conseguimos impedir que 900 toneladas de CO2 fossem despejados na atmosfera, além de termos plantado cerca quatro mil mudas”, disse o gerente de Marketing e Comunicação da Travelport para América Latina, Fábio Mendes.

Outra parceria é com a associação de operadoras europeias, a Travelife, que trabalhará na elaboração dos requisitos de sustentabilidade para os associados da Braztoa.

FASES
O programa de sustentabilidade terá três fases: a primeira foi em relação à gestão e elaboração dos requisitos para associados da entidade comporem a ação; a segunda e atual é a escolha dos critérios para os fornecedores; e a última, que consiste em critérios para rede de distribuição.

“A implantação do programa depende de ações voltadas à educação. Futuramente, com o selo, queremos criar categorias para que determinados hotéis, por exemplo, trabalhem com as operadoras que estiverem no mesmo perfil sustentável”, explicou Ana Carina.

Foto: Biaphra Galeno
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA