Clientes e segmentação: os planos da New Age em 2018

|

Divulgação/ New Age
New Age comemora resultados de 2017 e já define os planos para o próximo ano
New Age comemora resultados de 2017 e já define os planos para o próximo ano
Após um ano de recuperação com resultados satisfatórios, a New Age agora volta as atenções para o planejamento de 2018. Nesta segunda-feira (18), a diretoria da empresa revelou dados do crescimento ao longo de 2017 e aproveitou para divulgar suas diretrizes para o próximo ano, com foco no atendimento ao cliente como diferencial e aposta na alta do Turismo segmentado.

Este ano vai terminando com um aumento de 32% nos embarques registrados pela operadora, em relação a 2016, sendo que o nacional contribuiu com um crescimento de 217% e atingiu a marca de 7% do share nos negócios da empresa.

Já na estratégia da New Age como marca, uma proximidade cada vez maior do cliente surge como 'arma' em um momento de grandes fusões e domínio dos gigantes no Turismo. "Nem todos gostam de comprar com as maiores empresas, mas sim com empresas de médio porte, que, exatamente pelo seu tamanho, conseguem oferecer um atendimento diferenciado", exaltou a diretora comercial Carla Davidovich ao falar dos planos da marca.

A segmentação, por sua vez, deverá ser uma das premissas da operadora a partir de janeiro. A ideia é apresentar produtos mais elaborados, que ofereçam a oportunidade de diferentes experiências em destinos como Peru, Chile, Argentina, México, Canadá, Caribe, Israel, Grécia, Tailândia e Indochina, além de outras opções. Saídas em grupos com o programa Entre Amigos também ganharão ainda mais força.

O programa de incentivos aos agentes de viagens também foi comemorado pelos diretores, uma vez que superou a marca de 1,5 mil adesões ao longo do ano. A campanha Vendeu-Ganhou, um dos sucessos da New Age em 2017, também será mantida no próximo ano.

Por fim, a utilização do sistema Reservaqui chegou ao operacional de pouco mais de 2,3 mil agências durante o ano, número 20% maior do que em 2016.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA