Embratur é prioridade da CTur no orçamento de 2017

|


Divulgação/CTur, Claudio Araujo
O presidente da CTur, Herculano Passos, e os parlamentares que elegeram as prioridades para a LDO

BRASÍLIA – Aumentar os recursos da Embratur será uma das prioridades do turismo no orçamento de 2017. A Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados (CTur) elencou três prioridades entre as dez sugestões apresentadas pelos parlamentares para encaminhamento à Comissão Mista de Orçamento, responsável pela elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias 2017 (LDO). “No ano passado, o orçamento da Embratur para divulgação internacional foi de US$ 17 milhões, enquanto o México, por exemplo, foi de US$ 477 milhões”, comparou o presidente da CTur, deputado Herculano Passos (PSD-SP). “Dessa forma fica muito difícil ser competitivo na atração de turistas estrangeiros”, analisou.

A segunda emenda aprovada na CTur para encaminhamento à Comissão Mista de Orçamento diz respeito aos projetos de infraestrutura turística. A meta é abranger cinco mil projetos em todo o Brasil. A terceira emenda trata da qualificação, certificação e produção associada ao turismo, com meta de qualificar 18 mil pessoas. A Lei de Diretrizes Orçamentárias orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual e compreende as metas e prioridades da administração pública federal, incluindo as despesas de capital para o exercício financeiro do subsequente.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA