Como aplicativos móveis mudaram a forma de viajar

|

Flickr/MTA Photos

Já está claro para a indústria do Turismo que a tecnologia estará cada vez mais presente no cotidiano do segmento. Do planejamento das férias a informações em tempo real, aplicativos móveis são parte importante desta atuação tecnológica. Foi pensando nisso que a Yonderwork abordou quatro formas em que os apps revolucionaram a maneira de viajar.

RESERVAS E TÍQUETES
Quando o assunto envolve aeroportos, é fácil esquecer daquele mundo anterior aos aplicativos. Não ter a necessidade de imprimir passagens ou ter a facilidade de fazer check-in no conforto de casa parecem coisas óbvias atualmente, mas nem sempre foi assim. O mesmo vale para a compra de ingressos em museus ou reservas em hotéis.

INFORMAÇÃO EM TEMPO REAL
Sistemas de notificação dos aplicativos são capazes de nos preparar para mudanças de última hora. Seja o atraso de um voo ou o cancelamento de uma reserva de hotel, dificilmente o viajante será informado apenas quando chegar ao local – e, caso isso aconteça, não é injusto afirmar que houve falha de comunicação e que a situação poderia ter sido evitada.

EXPLORAR O DESCONHECIDO
Apenas pense quantas vezes você dependeu de direções vagas de moradores locais pouco preparados para lidar com turistas? Aplicativos de mapeamento e sistemas GPS (que funcionam mesmo com redes móveis desligadas) abriram um novo mundo àqueles que têm dificuldades para ler mapas rabiscados em papel. Mais além, outro grande fator de mudança foram as plataformas com informações e opiniões de pessoas que já estiveram em seu próximo destino, tal qual Tripadvisor.

CONECTIVIDADE
As experiências vividas em uma viagem são importantes. No entanto, cada vez mais compartilhar tais experiências tem se tornado essencial. Não que isso seja algo completamente novo, basta lembrar dos volumosos álbuns de fotografia do passado. No entanto, (tentar) mostrar aos mais próximos aquilo que você está vivendo pode acontecer quase que simultaneamente: seja na foto do prato a ser degustado postado no Instagram, seja no áudio com a música local enviado via Whatsapp, seja na ligação por vídeo realizada no Skype.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA