Retomada das viagens mostra que perfil do viajante mudou

|

Com as tendências de viagens para 2022 apontadas por pesquisa recente e inédita do TRVL Lab, sabemos que os viajantes e as viagens em si também passarão por transformações. O jeito de consumir e de viajar mudou e as empresas do setor de Turismo precisam acompanhar estas novas necessidades.

PANROTAS/Gute Garbelotto
Carolina Sass de Haro, do TRVL Lab, Flávio Monteiro, da Aviva, Gabriela Salles Oliveira, do BTG Pactual, Pollianna Tomé, da Brasil Food Safaris
Carolina Sass de Haro, do TRVL Lab, Flávio Monteiro, da Aviva, Gabriela Salles Oliveira, do BTG Pactual, Pollianna Tomé, da Brasil Food Safaris
“Ao longo da pandemia aproveitamos a pausa nas viagens para reforçar o contato com destinos que possuem característica gastronômica e de experiências forte. Agora com a retomada percebemos que as agências estão abrindo espaço para esse tipo de produto”, conta a sócia fundadora da Brasil Food Safaris, Pollianna Tomé, durante painel do primeiro dia de Fórum PANROTAS. Desde 2013 a empresa atua com o Turismo gastronômico que leva viajantes a um contato direto com comunidades locais.

Neste novo cenário, o viajante procura por tecnologia, digitalização, recursos virtuais, possibilidade de trabalhar em um cenário de praia, com o computador na beira da piscina ou em frente ao mar. Um novo perfil de viajante surgiu e veio para ficar.

“Na retomada, investimos em inteligência artificial, tanto para falar sobre protocolo, quanto para mostrar nossa programação, serviços que oferecemos... Nos nossos resorts, passamos a ver muitas pessoas de shorts e Havaianas, com o notebook embaixo do braço, executivos indo com a família, mas também para trabalhar. Aprendemos a trabalhar este comportamento do cliente”, pontua o diretor de Operações da Aviva, Flávio Monteiro.

VIAGENS CORPORATIVAS
No contexto de viagens corporativas, no BTG Pactual, por exemplo, praticamente não houve parada nas viagens a negócios do banco. No entanto, o volume reduziu drasticamente e diversas mudanças ocorreram. A extensão da viagem por todo o fim de semana para o colaborador aproveitar o destino é uma delas. “Se ele está de segunda a sexta em um lugar, por que não voltar no domingo? Já tínhamos adesão para este movimento de bleisure, mas agora está maior. Além disso, aquela pessoa que viajava toda semana a trabalho, não vai mais, foram criadas alternativas”, diz a global travel manager do BTG Pactual, Gabriela Salles Oliveira.

QUAL DIREÇÃO OLHAR EM 2022
Para Pollianna, a bússola está nas parcerias de venda. A Brasil Food Safaris está em busca de parceiros que ocupem a posição de venda para entrar em contato com seu público. “Nosso produto encaixa em todos os perfis.”

Gabriela e Flávio Monteiro pontuam a questão da segurança do viajante e do cliente e o bem-estar. “A direção é olhar com sensibilidade para o cliente, para o planeta, para os funcionários. Um olhar mais suave do que estamos acostumados”, finaliza diretor de Operações da Aviva.


O Fórum PANROTAS 2021 conta com a aliança institucional da CNC Sesc Senac e patrocínio da Accor, Air Europa, AM Resorts, Ancoradouro, Argentina, Aviva, Beach Park, Best Western Hotels & Resorts, Cep Transportes, Coris, CVC Corp, Delta Airlines, Elo, Expo Center Norte, Expo Telecom, Gol Air France-KLM, GTA Assist, Iberia British Airways, Iberostar, Localiza, Mondiale Operadora, Omnibees, R1 Audiovisual, Reserve, Royal Palm Hotels & Resorts, Sabre, Sebrae, Tes Cenografia, Tour House, Vice Versa, Villa Blue Tree, WAM Hotéis, 42Labs e participação da Catalunya e do Fundtur MS.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA