Para Abracorp, 2017 terá crescimento conservador e sinais de "novo ciclo"

|


Divulgação Abracorp

"Seria desnecessário e cansativo ocupar o tempo do leitor com reminiscências e descrições das turbulências e sobressaltos que marcaram o ano que se finda." É assim que o presidente do Conselho da Abracorp, Rubens Schwartzmann, começa seu último post de seu blog, ao comentar os aprendizados no difícil ano de 2016.

Embora a entidade preveja um crescimento conservador em 2017, Schwartzmann frisa que a expectativa é de iniciar um novo ciclo. "A superação dos entraves que marcaram 2016 teve seu custo, mas certamente estamos todos mais convencidos de que nossas empresas necessitam de oxigenação constante. Com união, planejamento e trabalho inteligente, vamos edificar as pontes para a necessária travessia."

Para conferir as alternativas das associadas e saber mais sobre o planejamento estratégico da Abracorp para os próximos anos, confira o post de Schwartzmann na íntegra.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA