AVIAÇÃO

British e Loganair devem firmar codeshare para voos na Escócia

Mr Avgeek/Wikicommons
A aérea escocesa Loganair estaria, segundo o site ATW, em negociações com a britânica British Airways para fechar um acordo de codeshare.

A companhia, que tem sede em Glasgow, está prestes a terminar um contrato de franquia com a Flybe, também da Inglaterra, após dez anos em vigor, tempo em que a empresa escocesa utilizou as cores da parceira. A partir de setembro, inclusive, a Loganair voltará a operar sob suas cores tradicionais: preto, branco e vermelho.

Com o fim do acordo, as portas estariam abertas para um codeshare com a British. Vale lembrar que a Loganair já teve um acordo de franquia com a BA de 14 anos, de 1995 a 2008, antes da parceria com a Flybe ser firmada. Além disso, segundo o Atw, mesmo de 2008 para cá alguns voos em codeshare eram realizados entre as duas, em voos domésticos na Escócia.

"A Loganair e a British Airways têm um relacionamento de sucesso e longa data em servir as comunidades das Highlands da Escócia e suas ilhas, e estamos trabalhando em estreita colaboração com nossos colegas da BA para fortalecer essa parceria em benefício das duas companhias aéreas e, o mais importante, para nossos clientes ", explicou o diretor comercial da Loganair, Kay Ryan.

A empresa baseada em Glasgow opera principalmente voos domésticos na Escócia,como nas Highlands e nas ilhas do país, e é conhecida por operar o voo mais curto do mundo, entre Westray e a ilha de Papa Westray, no norte da Escócia, que pode durar ate segundos dependendo das condições do tempo, percorrendo pouco mais de dois quilômetros.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA