Aerolíneas Argentinas renova parceria tecnológica com Sabre | Aviação | PANROTAS
AVIAÇÃO

Aerolíneas Argentinas renova parceria tecnológica com Sabre

Emerson Souza
aerolíneas argentinas,b737 MAX 8
aerolíneas argentinas,b737 MAX 8

A Aerolíneas Argentinas renovou sua parceria estratégica de longo prazo com a Sabre Corporation, a fim de avançar no uso de tecnologias de última geração.

O acordo estende a disponibilidade total de conteúdo no sistema de distribuição global (GDS) do Sabre e permitirá à aérea argentina utilizar o sistema de serviços de passageiros (PSS) Sabre Sonic para expandir as capacidades de compra e pagamento, melhorar as operações nos aeroportos e a experiência do viajante.

"A Aerolíneas tem como objetivo otimizar a eficiência que ofereça a ela uma vantagem competitiva, beneficiando nossa comunidade de clientes para alcançar o nosso principal objetivo de crescimento sustentável", ressalta o diretor de Planejamento da Aerolíneas Argentinas, Juan Valverde.

"Sabemos que a introdução de novos produtos e serviços focados na personalização e na qualidade das experiências dos clientes faz parte dessa equação. O Sabre continua sendo o melhor parceiro de tecnologia para nos ajudar a realizar nossa estratégia e distribuir nosso conteúdo para agentes de viagens em todo o mundo", conclui Valverde.

O investimento do Sabre em tecnologias de varejo, distribuição e atendimento complementa os objetivos de e-commerce de curto e longo prazo da Aerolíneas, ampliando as capacidades de compra, pagamento e a personalização. A aérea também será uma das primeiras a utilizar a ferramenta Digital Connect, que fornece APIs para agilizar os processos.

"O Sabre trabalha lado a lado com a Aerolineas há mais de duas décadas. Nosso relacionamento é extenso, assim como nossa compreensão dos negócios e dos mercados em que operamos", afirmou a vice-presidente e gerente geral regional de Soluções Aéreas do Sabre na América Latina, Ana Maria Escobar.


*Fonte: PR Newswire

conteúdo original: https://prn.to/2ue72XS
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA