Bastidores de um voo: os 7 mil itens usados nas rotas da British | Aviação | PANROTAS
AVIAÇÃO

Bastidores de um voo: os 7 mil itens usados nas rotas da British

British Airways
Um British Airways 747 em voos internacionais contam com ao menos sete mil itens voltados a higiene, cozinha, saúde e roupa de cama
Um British Airways 747 em voos internacionais contam com ao menos sete mil itens voltados a higiene, cozinha, saúde e roupa de cama

Já pensou em tudo que um avião precisa carregar, a cada voo, para atender à demanda de centenas de passageiros, todos os dias, de forma exemplar? A British Airways divulgou um estudo referente a suas operações com dados revelando tudo que é embarcado nos 850 trajetos diários da companhia - lembrando que, dependendo do material, a cada parada devem ser substituídos ou reabastecidos.

Voltadas para o conforto do cliente, quatro áreas básicas são as que mais demandam utensílios: cozinha, saúde, higiene e ainda itens para dormir. Um voo de Heathrow, em Londres, para Guarulhos, em São Paulo, por exemplo - trajeto que terá um acréscimo de dois voos semanais na oferta em novembro deste ano - pode conter mais de sete mil itens voltados para um destes.

No catálogo de objetos do 747 em voos internacionais da aérea constam, mais precisamente: 1.737 talheres, 798 copos, 489 garrafas de vinho - 388 unidades de 350 mililitros, e outras 101 de 750 mililitros - e 350 sacos de pretzels na cozinha; 78 rolos de papel higiênico e cinco kits de primeiros socorros para higiene e saúde, e ainda cerca de 800 itens para dormir, incluindo 282 cobertores.

CARGAS "ESTRANHAS"
Outra curiosidade sanada pela British em seu estudo são os tipos de pertences transportados em seus compartimentos de carga além das bagagens comuns dos passageiros - essas correspondem a cerca de 56% do que vai no avião. Os dados são da IAG Cargo, que além da British inclui Iberia, Vueling e Aer Lingus, e analisou voos do começo do ano até o final de julho.

As cargas prioritárias - produtos recém-lançados como smartphones e tablets -, por exemplo, correspondem a 26% de tudo que vai nos compartimentos de carga da IAG como um todo; 5% são de carga especializada, como animais e obras de arte; 4% são produtos perecíveis e 3% são cargas que requerem climatização constante, como vacinas e produtos farmacêuticos.

PERFIL DE VIAJANTES
O estudo revelou, por fim, o perfil dos passageiros que voam de British. Os que viajam sozinhos, por exemplo, representam 47% do total de clientes da aérea, seguidos de 27% dos que viajam em dupla. Já os viajantes corporativos correspondem a 28% de seus passageiros.

Mesmo sendo britânica, 58% dos viajantes da British não são nascidos no Reino Unido, com os estadunidenses (13%) liderando entre os países estrangeiros que voam com a aérea.

Ao menos 58% tem mais de 40 anos, enquanto 8% são crianças (não foi revelada até qual idade isso se refere).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA