AVIAÇÃO

Programas de fidelidade são o maior ganho com ancillary

Um estudo recente da Idea Works revelou que 76 companhias aéreas faturaram quase US$ 52,7 bilhões com serviços de ancillary. As dez principais transportadoras corresponderam por mais de US$ 35 bilhões em receita com ancillaries (serviços extras) e os ganhos com os programas de fidelidade representam 55% desse total.

Pixabay
Aéreas faturaram US$ 52,7 bilhões em receitas com ancillaries
Aéreas faturaram US$ 52,7 bilhões em receitas com ancillaries
Segundo o levantamento, entre as principais empresas, o primeiro lugar ficou para a American Airlines, com US$ 7,2 bilhões, seguida pela United Airlines, com US$ 5,8 bilhões, e, em terceiro, a Delta, que faturou US$ 5,5 bilhões.

Muitas aéreas têm ainda parcerias com empresas de cartão de crédito, o que aumenta a coleta de pontos para os consumidores a cada compra efetuada, assim como a atividade de passageiro frequente. Da receita de auxiliares da American, por exemplo, 77% vem do programa de fidelidade e, da United, 73%.

Um ponto interessante descoberto com a pesquisa foi que, para as companhias aéreas low cost, como a Ryanair e a EasyJet, que também aparecem no top 10, todas as receitas com serviços extras provêm do varejo de viagens e das vendas à la carte. Outro destaque é o fato de essa receita representar mais de 40% do total de algumas aéreas, como Viva Aerobus, Spirit e Frontier.

A divisão dos ganhos vindo de ancillaries por passageiro colocou a Spirit no topo do ranking, com US$ 50,94, seguida pela Allegiant, que faturou US$ 50,01 por viajante, e Frontier, com US$ 47,62 de gastos com cada cliente. A título de comparação, em 2008, a Spirit ganhou cerca de US$ 18,61 a cada viajante.


*Fonte: Travel Weekly

conteúdo original: https://bit.ly/2kowiZK
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA