AVIAÇÃO

Air Canada anuncia migração para sistema Altea da Amadeus

A Air Canada está migrando para Amadeus, atualizando seu sistema de reservas do RESIII para o Altea neste mês. Os voos da companhia aérea continuarão a operar conforme programado e os serviços aeroportuários, incluindo check-in on-line e em quiosques, permanecerão disponíveis.

Unsplash/Ethan McArthur
Os voos da Air Canada continuarão a operar conforme programado durante o período
Os voos da Air Canada continuarão a operar conforme programado durante o período
No entanto, por aproximadamente 12 horas após a transição, a capacidade de criar e emitir bilhetes para novas reservas e atender solicitações existentes não estará disponível. A venda interativa com o GDS também estará indisponível. Será possível continuar a solicitar voos com base na disponibilidade de AVS, mas um localizador de registros de passageiros da Air Canada não será enviado até que os links sejam reativados com o Altea.

Já as solicitações de voos feitas durante o período off-line não serão garantidas até que um novo localizador de registros de passageiros seja recebido. Também não será possível acessar os mapas de assentos e a escolha avançada de poltrona.

Funções de processamento eletrônico de passagens também não poderão ser acessadas. Não haverá como exibir, emitir, trocar ou reembolsar um e-ticket. Para conferir as informações de voo durante o período, acesse o site da companhia.

O QUE SABER APÓS A TRANSIÇÃO
Assim que as reservas, itinerário e processamento de passagens estiverem operando no Altea, uma nova mensagem de localização de registro de passageiros para cada um dos PNRs será gerada para o GDS a partir do sistema Altea.

Caso o GDS já seja Amadeus ou se o PNR já tiver um segmento de voo em outra companhia aérea hospedada na ferramenta, o localizador existente será usado. Caso o GDS não seja da empresa e o PNR tiver apenas segmentos de voo da Air Canada, um novo localizador será gerado.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA