Azul é líder em vendas das TMCs Abracorp em 2021

|

Divulgação
azul linhas aéreas
azul linhas aéreas
De acordo com dados da Abracorp, em 2021, o faturamento das TMCs associadas no setor aéreo nacional sofreu uma queda de 58% em relação aos níveis de 2019, pré-pandemia. A receita foi de R$ 1,95 bilhão, em comparação aos R$ 4,65 bilhões de três anos atrás.

A Azul seguiu o movimento de liderança durante o ano e foi detentora do maior share, de 40,2%, seguida pela Latam, com 31,7%, Gol, que representou 27,9%, e demais companhias aéreas, com 0,2%. Além disso, a tarifa média, em 2021, foi mais alta que em 2019, registrando R$ 779 versus R$ 761.

Em relação às principais rotas, Congonhas-Santos Dumont-Congonhas registrou um faturamento de R$ 26 milhões e 37.562 trechos. Em seguida vem a inversa (SDU-CGH-SDU), com 31.298 operações e R$ 22,6 milhões. A terceira rota ficou para Congonhas, Aeroporto de Brasília e Congonhas, com um faturamento de R$ 12,4 milhões e 9.216 trechos.

Divulgação
Desempenho do aéreo nacional em 2021
Desempenho do aéreo nacional em 2021








 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA