Movida

Karina Cedeño   |   23/02/2024 10:31

Latam celebra volta à liderança no corporativo após oito anos

Jerome Cadier, CEO da companhia aérea, enfatizou a crescente satisfação dos passageiros com a empresa


PANROTAS / Emerson Souza
Jerome Cadier, CEO da Latam
Jerome Cadier, CEO da Latam

O CEO da companhia aérea, Jerome Cadier, destacou o fato de a companhia aérea voltar a liderar o faturamento de vendas no segmento de viagens corporativas, durante coletiva de imprensa realizada ontem (22) para divulgar seus resultados financeiros de 2023 e do último trimestre do ano.

“Lideramos 38% do share da Anac no mercado doméstico e, mais relevante, também lideramos o mercado pela Abracorp. Não éramos líderes no segmento desde 2015 e em 2023 voltamos a liderar o mercado no absoluto e no nosso passageiro frequente, que é o corporativo”, destacou Cadier.

Ele também enfatizou a crescente satisfação dos passageiros com a companhia aérea. “A Latam novamente está entre as companhias mais pontuais do mundo, é a segunda mais pontual do mundo segundo o ranking a OAG, só perde para a Delta, que é nosso parceiro global. Isso faz a satisfação do cliente continuar subindo”, destacou o CEO da aérea.

“Além disso, no Brasil fomos a companhia aérea com menos reclamações por passageiro transportado. Isso representa menos de uma reclamação a cada 1 mil passageiros transportados, melhora de 32% em relação ao ano passado. Estamos olhando 2024 com otimismo e projetando um crescimento de 12% e 14% a nível global, e no Brasil de 7% e 9%”, destacou Cadier.

Lucro líquido de US$ 582 milhões em 2023

O Grupo Latam fechou o ano passado com lucro líquido de US$ 582 milhões. No encerramento de 2023, o grupo registrou receitas de aproximadamente US$ 11,8 bilhões, 23,9% mais do que em 2022, atingindo uma margem operacional ajustada de 11,3%.

Em 2023, o grupo transportou cerca de 74 milhões de passageiros, atingindo níveis semelhantes aos de 2019. Esse resultado pode ser explicado pelo aumento de passageiros transportados nos mercados domésticos das afiliadas do grupo Latam no Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru, e um aumento de 50,1% em passageiros internacionais transportados na comparação com 2022.

Para este ano, a companhia aérea projeta crescimento de 7% a 9% de oferta no doméstico em 2024.

Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2024

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias