Conexão aérea do Exterior para o Brasil aumentará em 2018

|

Flickr/Bernal Saborio
A Embratur aposta no aumento da conectividade internacional aérea do Brasil, estimando que haverá 31 novos desembarques internacionais ao País em 2018.

“Os novos voos descentralizam os portões de entrada, facilitam e aumentam a entrada de visitantes para diferentes regiões do País. Isso pode ser um dos fatores determinantes para o crescimento do Turismo brasileiro. A ampliação de frequências semanais internacionais é um dos principais pontos da agenda governamental da Embratur e do Ministério do Turismo”, comentou o presidente do instituto, Vinicius Lummertz.

Argentina, Catar, Espanha, Estados Unidos, França, Israel, Itália. Panamá e República Dominicana serão os países responsáveis pela emissão das novas frequências que terão como destinos: Brasília, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis, Navegantes (SC) e Salvador.

O estudo da Embratur mostra que já houve aumentos durante o primeiro mês de 2018: 18% mais voos diretos e 22% mais assentos em janeiro, quando comparado ao mesmo período de 2017.

A Embratur usou os dados da Análise da Malha Aérea Internacional da Diretoria de Inteligência Competitiva e Promoção Turística do instituto, preparada mensalmente a partir de informações fornecidas pela Anac, PANROTAS e companhias aéreas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA