Alianza Mice Sudamerica reúne destinos mirando retomada

|

Trocar orientações de boas práticas mirando a retomada, atrair de maneira conjunta eventos para a região e fortalecer o posicionamento de mercado. Esses são os principais objetivos de um compromisso selado hoje (16) por associações de fomento ao setor Mice, os CVBs (Convention & Visitors Bureau), de cinco cidades sul-americanas habituadas a ter o calendário de feiras e congressos sempre cheio. O acordo em questão é a Alianza Mice Sudamérica e os destinos participantes são Bogotá, Buenos Aires, Lima, Quito e São Paulo.

Divulgação
O acordo de cooperação mútua foi lançado numa conferência virtual que ressaltou o potencial desses destinos para voltar a receber grandes eventos de forma segura nos próximos meses. A reunião contou com a presença de Denise McCubbin, diretora executiva do Lima Convention and Visitors Bureau, Liliana Orbegozo, do Greater Bogotá Convention Bureau, Carla Cárdenas, gerente geral do Quito Turismo, Elenice Zaparioli, diretora do SPCVB (São Paulo Convention & Visitors Bureau) e Pia Caso, diretora do Buenos Aires Convention & Visitors Bureau.

"Juntos somos mais fortes e o acordo que formalizamos hoje é um passo em direção ao futuro, sempre buscando promover os destinos e captando eventos", afirma a diretora de Eventos do SPCVB, que representou a organização brasileira na reunião.

A diretora de Eventos do SPCVB, Elenice Zaparoli, representou a associação brasileira na reunião de lançamento da aliança
A diretora de Eventos do SPCVB, Elenice Zaparoli, representou a associação brasileira na reunião de lançamento da aliança
Segundo Elenice Zaparoli, com o vínculo colaborativo simbolizado pela aliança os destinos encontram uma maneira de fortalecer e organizar ações uniformes que podem culminar na atração de eventos e colaborar com a cadeia produtiva do Turismo dessas cidades. "Ensejamos novos desafios, dentre eles a criação de ocasiões que podem percorrer cada uma dos destinos", aponta.

Já a representante do Convention de Quito, Carla Cardenas, enxerga que o contato frequente entre as organizações pode ser uma oportunidade de redesenhar de maneira estratégica o setor de convenções em toda a região. "São destinos fascinantes e preparados para desenvolver qualquer tipo de evento, inclusive respeitando todas as diretrizes de segurança neste novo momento e que podem ser levadas à nova realidade que virá quando os efeitos da pandemia forem superados", diz

AÇÕES PRÁTICAS
No plano de ações imediatas do grupo estão iniciativas como a atualização do status de cada cidade a respeito da situação da covid-19, além do compartilhamento de protocolos de limpeza, higienização e segurança adotados em casa destino.

Também é parte do acordo que as associações passem a desenvolver campanhas conjuntas de promoção utilizando a ideia do bloco formado pelas cinco cidades e a troca de leads e informações que podem ser utilizadas pelos demais membros da aliança, em casos de sucesso relacionados a eventos já realizados nos destinos.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA