Belvitur investe na expansão de seu coworking, o B.Club

|


Reprodução/B.Club

Um dos maiores grupos de Turismo do Brasil, a mineira Belvitur está investindo na expansão de seu coworking, o B.Club, de Belo Horizonte. No mês passado, a empresa dirigida por Marcelo Cohen anunciou mais dois andares de salas privativas, totalizando 18 espaços e mais de dois mil metros quadrados de empreendimento.

De acordo com Cohen, esse já era um investimento que a Belvitur planejava fazer em 2022, mas a pandemia aumentou a demanda por este tipo de espaço e, portanto, a empresa decidiu se antecipar. Com a nova expansão, o B.Club se torna um dos maiores espaços de coworking na capital mineira.

Divulgação
Marcelo Cohen, da Belvitur
Marcelo Cohen, da Belvitur
“O Turismo precisava de uma força, de reduzir custos e de um lugar estruturado para retomar as atividades. Então decidimos fazer isso, com todo o know-how que temos na área, entendemos que podíamos dar condições para essas empresas continuarem", afirma Cohen. "Estamos orgulhosos em saber que contribuimos para a retomada do nosso setor e atraindo interesse de empresas de diversos segmentos, que se identificaram com o modelo de negócio proposto pelo B.club”, conclui o empresário.

INTENÇÃO DE EXPANDIR AINDA MAIS
Com a expansão, o B.Club passa a contar com um andar dedicado a estações de trabalho equipadas, salas privativas mobiliadas, rooftop para eventos, auditórios e salas de reunião. Se a demanda pela mobilidade continuar alta, a empresa pretende inaugurar, ainda esse semestre, mais dois andares destinados às salas privativas.

O espaço também conta com um andar inteiro dedicado ao lazer, com direito a atividades como sinuca, bar, espaço para jogos, estúdio musical, TV, videogame, copa e cozinha e uma área reservada de descanso, disponíveis gratuitamente para os associados.

“É essa solução que o momento pede, então vamos nos adaptar para receber cada vez mais pessoas e devolver ao turismo e aos outros segmentos tão relevantes para a economia, toda a desenvoltura que estávamos acostumados. Os próximos anos prometem”, afirma Chrys Oliveira, Community Manager do coworking.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA