EVENTOS

Lamec: brasileiro é mais flexível ao gerir crises em eventos


Emerson Souza
Tonico Novaes (MPI e Campus Party), Claudio da Rocha (Brazil Music Conference), Ivan Martinho (Flix Media) e Mariana Ribeiro (Elu! Live Marketing) participaram do debate
Tonico Novaes (MPI e Campus Party), Claudio da Rocha (Brazil Music Conference), Ivan Martinho (Flix Media) e Mariana Ribeiro (Elu! Live Marketing) participaram do debate
Ao organizar um evento, é muito importante estar preparado para imprevistos, e saber como agir diante de crises é fundamental.

O tema foi debatido durante o Lamec, realizado hoje na Fecomercio (SP), e na opinião do diretor geral da Flix Media, Ivan Martinho, o brasileiro possui características positivas na hora de lidar com imprevistos.

“O brasileiro tem mais flexibilidade e capacidade de improvisar nessas horas do que outras nacionalidades. Isso porque muitas delas não costumam lidar com o mesmo tipo de variáveis e imprevistos em eventos que os brasileiros”, comenta Martinho.

Segundo ele, há três passos fundamentais para lidar com a gestão de crises em eventos. São eles:

1. Entender qual é o problema e saber lidar com as emoções. “No momento de crise os ânimos se exaltam e as pessoas têm dificuldade de explicar o que está acontecendo. É fácil passar de um problema para um ataque pessoal e é preciso saber se controlar nestes momentos”, destaca Martinho;

2. Comunicação é fundamental. “É importante entender quem é o porta-voz do evento com quem vai falar, escolhendo bem o interlocutor e mantendo proximidade para se comunicar com ele quando necessário;

3. Nunca ameaçar ninguém, já que muitas vezes não se sabe com quem está falando e essa atitude nunca vai funcionar, segundo o diretor geral da Flix Media.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA