Abeoc Brasil e Ubrafe fazem recomendações para volta dos eventos

|


Unsplash
Os protocolos incluem o uso de álcool em gel, a disposição de mesas, assentos e montagem
Os protocolos incluem o uso de álcool em gel, a disposição de mesas, assentos e montagem
Para orientar seus associados e o mercado como um todo, a Associação Brasileira de Empresas de Eventos (Abeoc Brasil) e a União Brasileira dos Promotores de Feiras (Ubrafe) elaboraram um documento com protocolos sanitários e sociais para prevenção no período pós-pandemia. A declaração traz orientações para clientes e trabalhadores dentro das empresas, nos centros de convenções, em auditórios e estandes, como o uso de máscaras e álcool em gel, a disposição de mesas, assentos e montagem.

"Depois de tanto tempo parados e com um calendário excepcionalmente apertado, não teremos lugar para o espetáculo, principalmente no que se refere à montagem. Teremos que oferecer aos parceiros, nossos clientes, a oportunidade de voltarem a fazer negócios, no caso das feiras, aliado ao acesso ao conhecimento, com os congressos e demais componentes do Turismo de negócios”, afirma a presidente da Abeoc Brasil, Fátima Facuri.

Já o presidente-executivo da Ubrafe, Armando de Campos Mello, ressalta a importância da orientação no momento pós-pandemia para o setor de eventos. "Entendemos que assim que for possível voltarmos à ativa teremos que nos adaptar aos novos tempos e às exigências protocolares necessárias para garantir a saúde e reconquistar a confiança, não só de clientes e público, mas também dos profissionais de eventos. Nós, organizadores e promotores, decidimos e acompanhamos de perto cada detalhe de uma feira e de um congresso, somos os tomadores de decisão. Então, nada mais importante do que estarmos bem informados e com orientação necessária para prestar mais que um serviço com excelência, um serviço seguro".

Saiba mais e acesse o documento em www.abeoc.org.br e www.ubrafe.org.br.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA