Formato híbrido reaquece mercado de eventos corporativos

|

Emerson Souza
Rosângela Gonçalves, vice-presidente de Vendas e Marketing na Hoffmann
Rosângela Gonçalves, vice-presidente de Vendas e Marketing na Hoffmann
Muito atingido pela pandemia, o mercado de eventos já dá sinais de retomada com os eventos híbridos. Para facilitar esse processo e auxiliar as empresas, a Hoffmann montou diversos estúdios com a estrutura completa para realizar esse tipo de evento, como é o caso da parceria com o Hilton Barra, no Rio de Janeiro. Dentre as cidades com estruturas montadas da empresa, também estão São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

“Na última sexta (21) passamos da marca de 120 eventos realizados após a pandemia. Trata-se de um grande desafio, mas seguimos fortes oferecendo um serviço cada vez mais personalizado. É animador também ver o retorno do público presencial, ainda que em pequena quantidade. Somos seres sociais e o presencial é de extrema importância nos eventos”, afirmou a vice-presidente de Vendas e Marketing na Hoffmann, Rosângela Gonçalves.

O formato híbrido, mesclando o virtual e presencial, é uma tendência que se apresentou como uma alternativa para uma série de eventos que haviam sido adiados ou cancelados. Tanto o mercado corporativo quanto o associativo já utilizam as soluções híbridas. Cresce o número de convenções, cursos, congressos e diversos outros tipos de evento sendo transmitidos online com opções inovadoras de interação com o público.

Na última quinta-feira (20), a Hoffmann realizou evento híbrido da Froneri, joint venture entre Nestlé e R&R, no Hotel Hilton Barra. O evento foi transmitido on-line para todas as equipes da empresa no Brasil, mas contando também com uma parte do público presente no estúdio. A estrutura híbrida permitiu uma interação em tempo real com os representantes em diversos Estados, mostrando seus comentários e reações aos anúncios do evento.
Divulgação
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA