Setor de eventos pergunta: até quando vamos aguentar?

|


Reprodução/Abeoc Brasil
A campanha #semcor da Abeoc Brasil visa demonstrar o drama vivido pelo setor de eventos
A campanha #semcor da Abeoc Brasil visa demonstrar o drama vivido pelo setor de eventos
Nesta quinta-feira (28), a Abeoc Brasil, Ubrafe e Abrace lançaram nas mídias sociais o movimento "Até Quando?", visando à adesão de empresas, profissionais e entidades do setor de eventos para chamar a atenção das autoridades do País em todas as esferas da administração. Com um vídeo de mais de um minuto, foram mostradas situações de risco a que a população está exposta, mas que continuam acontecendo, enquanto milhões de profissionais e seus familiares estão sem trabalho por conta das restrições impostas. Além disso, nesta semana foi lançada a campanha #semcor, na qual as postagens da Abeoc estão em preto e branco para marcar e mostrar o drama vivido pela indústria de eventos.

Para a presidente da Abeoc Brasil, Fátima Facuri, quanto mais se agrava a situação, mais aumenta a importância da união de todos. "Inúmeras empresas estão falindo, profissionais sem trabalho e renda, com suas famílias expostas a muitas necessidades. A pergunta é, até quando vamos suportar? Quando teremos datas para o retorno dos eventos? Precisamos voltar, precisamos de datas, de planejamento e um alinhamento entre Prefeituras e Governos Estaduais. Sempre tivemos responsabilidade com nosso público, estamos prontos para voltar. Não podemos continuar como joguetes. Queremos mais empatia por quem faz girar a economia. A campanha foi muito recebida e acontece simultaneamente a dezenas de movimentos pela retomada organizados pelos ‘invisíveis’ de todo o País", ressaltou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA