Eventos-teste em SP serão realizados de 15 de junho a 30 de julho

|

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, anunciou nesta quarta-feira (26) que São Paulo realizará, de 15 de junho a 30 de julho, dez eventos-teste, conforme noticiado pelo Portal PANRTOAS mais cedo, para testagem e acompanhamento dos participantes por duas semanas. O objetivo é criar um planejamento seguro, responsável e baseado na ciência de retomada das atividades do setor no segundo semestre.

Reproução/Facebook Governo do Estado de São Paulo
João Doria, governador do Estado de São Paulo
João Doria, governador do Estado de São Paulo
Os eventos previamente definidos ocorrerão em ambiente controlado, com testagem de participantes e equipe, assim como acompanhamento pós-evento do Governo do Estado. O objetivo deste estudo é ajustar, a partir de situações reais, as regras que possibilitarão a retomada de um dos setores mais afetados na pandemia do novo coronavírus e que emprega milhões de brasileiros.

“Os eventos serão realizados com limitação de público, ambiente e testagem rápida dos participantes. Isso já foi realizado em outros países, em iniciativa semelhante, e aqui vamos fazer de forma segura, controlada e com testagem rápida”, disse Doria.

A iniciativa será feita em duas feiras de economia criativa – incluindo uma que reunirá artesãos de diversas feiras da capital paulistana –, uma corporativa – seguindo o modelo da Expo Retomada –, quatro festas sociais, sendo pelo menos um casamento e um jantar corporativo, e três eventos noturnos.

Os testes utilizados serão de antígeno, com resultado imediato, aprovados pela Anvisa e com sensibilidade parecida com o teste RT-PCR, diagnosticando pessoas que estão contaminadas e transmitindo a covid-19. Haverá limitação de público e serão progressivamente testados eventos mais complexos, de acordo com avaliações e acompanhamentos dos participantes pós-evento.

“Não é uma retomada, não é uma abertura, são dez eventos-teste para que possamos ter um planejamento seguro no segundo semestre, com responsabilidade, baseado na ciência e em dados”, reforçou a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

Para favorecer a retomada segura deste setor, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico irá disponibilizar um curso de biossegurança de protocolos sanitários para capacitar profissionais de festas e eventos, bares e restaurantes, com destaque para as equipes de cozinha, atendimento de salão e bar.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA