Alagev se posiciona a favor da manutenção da realização de eventos

|

A Alagev, comandada pela diretora executiva Giovana Jannuzzelli, emitiu um comunicado oficial apresentando posicionamento referente à realização de eventos neste semestre e pedindo apoio do setor. A nova onda de covid-19, causada pela variante ômicron, tem impactado na retomada das viagens e eventos.

PANROTAS / Emerson Souza
Giovana Jannuzzelli, diretora executiva da Alagev
Giovana Jannuzzelli, diretora executiva da Alagev
Diante disso, entidades do setor, como a Alagev e a Abeoc, vêm se posicionando contra o cancelamento de encontros, mostrando que é possível realizá-los de maneira segura.

Confira abaixo o comunicado completo:

"A Associação Latino Americana de Gestão de Eventos e Viagens Corporativas (ALAGEV) vem, por meio desta, recomendar aos seus associados e parceiros que não adiem os seus eventos.

A nova variante Ômicron está promovendo reagendamento e cancelamento de encontros de negócios. Nós sugerimos que NÃO haja cancelamentos, uma vez que há alternativas para realizar eventos com segurança.

O segmento corporativo já foi muito afetado por conta da pandemia da covid-19. Nestes dois anos, aprendemos como realizar encontros com organização e proteção para todos os participantes e colaboradores. O Brasil já tem quase 145 milhões de pessoas com a segunda dose da vacina (67,93% da população) e mais de 31 milhões (14,65% da população) com a dose de reforço. Estamos pensando no bem-estar de todos os envolvidos, e sabemos que somos capazes de fomentar encontros de forma controlada e monitorada. Inclusive, tais práticas foram comprovadas com os eventos-teste realizados ao longo dos meses anteriores.

Eventos são fonte de riqueza e desenvolvimento para o nosso país, incluindo segmentos como a hotelaria, aviação, restaurantes, receptivos e comércio. O nosso setor é responsável por cerca de 4% do PIB nacional e pela geração de milhares de empregos diretos e indiretos.

A não realização de encontros de negócios implicará em ainda mais prejuízos para o Brasil. Essa luta está longe de terminar, mas estamos dispostos a nos mobilizarmos para comunicar e informar regularmente as formas seguras para a realização dessas ações corporativas.

Destacamos também que a LACTE17 (Live Latin America Community Travel and Events Experience) continua confirmada para os dias 8 e 9 de março. O evento seguirá rigorosamente os protocolos de segurança recomendados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), Ministério da Saúde, Governo do Estado de São Paulo e autoridades locais.

Saiba que somos a favor da segurança sanitária!"

* Giovana Jannuzzelli, diretora executiva da Alagev
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA