Como a Kellogg economizou US$ 40 milhões em viagens; novo vídeo | Gestão de viagens | PANROTAS
GESTÃO DE VIAGENS

Como a Kellogg economizou US$ 40 milhões em viagens; novo vídeo

A diretora sênior de Serviços Corporativos da Kellogg Company, Cecile Mutch, sediada em Detroit, nos Estados Unidos, achava que nessa etapa de sua carreira estaria “no piloto automático”, com os processos funcionando como previsto e sem muita novidade na gestão de Viagens Corporativas.

Nunca esse cenário foi tão dinâmico, no entanto. E Cecile se mostrou não apenas aberta às novidades, como estudou a fundo as novas tecnologias, soube buscar parcerias no momento certo (em um momento a Europa trouxe os Estados Unidos ao século 21, lembra ela) e engajou o viajante, inclusive recompensando quem economiza para a empresa.

O pensamento de dono (owner’s mind) ajudou a diminuir os gastos, mas também aumentou a satisfação dos viajantes da Kellogg.

Artur Luiz Andrade
A diretora sênior de Serviços Corporativos da Kellogg Company, Cecile Mutch
A diretora sênior de Serviços Corporativos da Kellogg Company, Cecile Mutch
Cecile Mutch, da Kellogg, é a segunda entrevistada do Connect Stories, série veiculada no Portal PANROTAS, em uma iniciativa da Gol, Delta e Air France-KLM. O editor-chefe da PANROTAS, Artur Luiz Andrade, esteve em Detroit, onde conversou com Cecile sobre gestão de viagens em diversos aspectos.

Com sete mil viajantes por ano, muitos para o Brasil, já que a empresa tem muitos negócios por aqui, a Kellogg Company tem gastos de US$ 60 milhões ao ano, mas antes das mudanças que Cecile implantou eram US$ 100 milhões, dos quais US$ 24 milhões com passagem aérea. A Kellogg realiza 175 eventos por ano, tem 80% de seu fluxo de viagens dentro dos Estados Unidos e é atendida por duas TMCs, a BCD Travel, que desempenhou papel fundamental em uma das viradas da empresa no uso de uma ferramenta da Concur, e FCm (essa para Ásia/Pacífico). Segundo Cecile, a relação com as duas é excelente e entre as duas também, com muita troca de informações e conhecimento e até compartilhamento de outros clientes.

As mudanças e investimentos da Kellogg Company na gestão de viagem significaram, segundo Cecile Mutch:
  • Economia de US$ 40 milhões no setor;
  • 99% de satisfação dos viajantes;
  • 68% de aumento de reservas domésticas com 21 dias de antecedência;
  • 13% de redução no custo neto por milha voada;
  • 11% de redução na tarifa hoteleira com a ferramenta da Concur;
  • 10% de aumento em reservas on-line;
  • 26% de aumento em tarifas acordo com hotéis;
  • Demonstração da relação direta entre os esforços do programa de viagens com o guideline da companhia.
Assista ao novo vídeo do Connect Stories com a diretora da Kellogg logo abaixo. E se você ainda não assistiu ao primeiro, com Ken Sharpe, da Ford Motor Company, basta ir à página do programa: www.panrotas.com.br/connectstories. A cada mês um novo programa será exibido, com algumas surpresas pelo caminho, sempre com o objetivo de mostrar ao gestor de viagens no Brasil e na América Latina e aos demais profissionais dessa indústria, como grandes empresas estão gerenciando seus departamentos de business travel e encontrando soluções que podem ser aplicadas em companhias de vários portes.

Bom programa.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA