Hotéis são mais propensos a ataques de hackers, diz estudo | Hotelaria | PANROTAS
HOTELARIA

Hotéis são mais propensos a ataques de hackers, diz estudo

O relatório Data Breach Investigations Report, da Verizon, empresa americana de tecnologia e comunicação, apontou mais de 53 mil incidentes cibernéticos durante o ano de 2017 e mostrou que os hotéis são um alvo consistente de ataques em pontos de vendas.

Pixabay
Segundo o levantamento, a indústria hoteleira tem 100 vezes mais chance de ser atingida do que outras. Foram reportados 368 incidentes, incluindo 338 violações que resultaram na divulgação confirmada de dados. Dos ataques, 2% são focados em credenciais e 5% em informações pessoais.

Além disso, 99% dos hackers estavam financeiramente motivados, 99% dos incidentes envolveram partes externas, 93% eram focados em informações de pagamento, 91% incluíram malwares e 90% das intrusões envolveram pontos de vendas.

Nos setores em geral, foram identificados 2.216 incidentes de segurança confirmados que resultaram em divulgação de dados e 65 países afetados. Setenta e seis por cento dos ataques tiveram motivos financeiros, 87% levaram poucos minutos para comprometer um sistema e 68% precisou de meses ou mais para serem detectados.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA