PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Setor de viagens corporativas atinge R$ 4,5 bilhões em julho


Marluce Balbino
Eduardo Murad, diretor executivo da ALAGEV
Eduardo Murad, diretor executivo da ALAGEV
A Associação Latino Americana de Gestores de Eventos e Viagens Corporativas (Alagev), em parceria com a professora e pesquisadora da Universidade de São Paulo Mariana Aldrigui, apresenta a nova edição da Pesquisa Conjuntural de Viagens Corporativas (PCVC). O levantamento revela que o faturamento do setor de viagens corporativas para o mês de julho alcançou R$ 4,5 bilhões, um crescimento de 7% em relação ao mesmo período de 2018. No acumulado de janeiro a julho, o valor chegou a R$ 41,5 bilhões – alta de 4,9% comparado ao ano passado.

O diretor executivo da Alagev, Eduardo Murad, ressalta a potência desse segmento para o desenvolvimento econômico do País e do Turismo. “As viagens corporativas geram um fluxo econômico bastante relevante para a cadeia turística como um todo. Este mercado é sensível a fatores externos e às políticas econômicas que refletem na variação do setor. Contudo, seguimos em ritmo de crescimento e perspectivas positivas”.

Em relação aos demais setores da economia, as viagens corporativas estão com um desempenho mais favorável. Enquanto o PCVC tem alta de 4,3% nos últimos 12 meses, o comércio cresce 4,1%, o Turismo em geral 3,8%, os serviços 0,9% e a indústria -1,3%.

O setor segue em expansão desde agosto de 2018, com o faturamento do mês de julho no mais alto patamar. Devido à agenda de reformas e medidas de estímulo ao crescimento, a expectativa para o futuro é de continuar o processo registrado pelo PCVC.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA