POLÍTICA

MTur luta pela tributação de Uber e Airbnb, garante Beltrão

Emerson Souza
Participaram do painel como ministro Marx Beltrão: Adrian Ursilli, da MSC, Mena Mota, da Grou e Afonso Louro, da Visual. A mediação ficou a cargo do editor-chefe e CCO da PANROTAS, Artur Andrade
Participaram do painel como ministro Marx Beltrão: Adrian Ursilli, da MSC, Mena Mota, da Grou e Afonso Louro, da Visual. A mediação ficou a cargo do editor-chefe e CCO da PANROTAS, Artur Andrade

Mais um Fórum PANROTAS, mais uma presença de ministro do Turismo. Dessa vez estreante no evento, Marx Beltrão, há cerca de seis meses no cargo, prometeu uma série de medidas para o Brasil “destravar os gargalos no setor e deixar de ser um País de promessas e lamentações”. “Não tenho dúvida de que o Turismo reúne todas as condições para isso, por isso estou lado a lado com políticos, entidades e empresários do setor, e no próximo semestre as boas notícias começarão a aparecer, com o pacote de medidas que traçamos”, introduziu Beltrão, em discurso otimista.

O líder da pasta participou de painel neste 15º Fórum PANROTAS, no Grand Hyatt São Paulo, com líderes da indústria de cruzeiro, receptivo e operadora. Foram eles: Adrian Ursilli, da MSC, Mena Mota, da Grou Turismo, e Afonso Louro, da Visual Turismo. Beltrão antecipou que a primeira grande medida será aumentar a conectividade aérea por meio da abertura ao capital estrangeiro de 100% e trabalhar para dispensar o visto de turistas de mercados estratégicos, como Canadá, Japão Austrália e Estados Unidos. “Isso aumentaria em 25% o número de turistas desses países anualmente.”

Uma das perguntas de Mena Mota foi a respeito das plataformas de economia compartilhada, como Airbnb e Uber, e a concorrência que elas geram com players tradicionais. A resposta do ministro, que gerou aplausos da plateia, foi de que a pasta luta para colocar essas empresas no mesmo patamar tributário da hotelaria, do setor de transporte e de outros segmentos. “Não é justo que Airbnb, Uber e similares concorram sem taxação de tributos no Brasil. A tecnologia permite a entrada desses players, e eles são bem-vindos, desde que arquem com as mesmas condições da concorrência.”

Emerson Souza
Essa é a estreia de Marx Beltrão no Fórum PANROTAS. Ele é ministro desde outubro de 2016
Essa é a estreia de Marx Beltrão no Fórum PANROTAS. Ele é ministro desde outubro de 2016

Adrian Ursilli se queixou de gargalos tradicionais dos mares brasileiros como exagerada burocracia e custo Brasil, apresentou dados que mostram o declínio do setor de cruzeiros, que caiu de 20 para sete navios na alta temporada, e Beltrão garantiu que “o MTur já está avançando, construindo junto com o Ministério da Fazenda uma legislação específica pra tratar de transatlânticos, principalmente tributações em portos privados e públicos”. Segundo o ministro, a legislação está sendo feita para no segundo semestre o trade do cruzeiro ganhar uma boa noticia. “Os portos também passarão por reformas, assim como o terminal de passageiros”, respondeu Marx Beltrão ao diretor geral e de Marketing da MSC.

Conhecida pela força nas viagens domésticas, a Visual Turismo está interessada no incentivo do passageiro viajar ao Brasil, o que gera movimentação na economia do País, segundo o presidente Afonso Louro. Sobre tal assunto, Marx Beltrão afirmou que o melhor caminho é a entrada de capital estrangeiro nas companhias aéreas nacionais e a evolução da infraestrutura do transporte no País, inclusive rodoviário.

“Um dos nossos maiores problemas é a falta de aeroportos regionais, e o governo tem projetos e obras em andamentos para a construção de vários deles. Só em Alagoas, por exemplo, há três novos aeroportos previstos. Mas vamos além da construção de terminais regionais para falar tratar também da concessão de vários aeroportos públicos à iniciativa privada, pois isso aumentaria o número de rotas. O Ministério do Turismo também vem acompanhando o financiamento de várias rodovias no Brasil, pois há um volume enorme de turistas transitando de carro e ônibus", concluiu o ministro do Turismo.

SOBRE O EVENTO
O Fórum PANROTAS 2017 ocorre entre 13 e 14 de março, no Grand Hyatt São Paulo, e é uma realização da PANROTAS Editora. O evento tem a aliança institucional da CNC Sesc Senac e patrocínio Accor Hotels, Air France-KLM, Bahiatursa, Best Western Hotels & Resorts, Beto Carrero World, Cep Transportes, CVC, Delta Air Lines, Elo, Esferatur, Gol Linhas Aéreas Inteligentes, GJP Hotels & Resorts, Grand Hyatt São Paulo e Rio de Janeiro, Grupo Trend, GTA - Global Travel Assistance, HRS - Hotel Global Solutions, Localiza, México, Omnibees, R1 Soluções Audiovisuais, Reserve, Rio Galeão, Sabre, Sebrae, Tap Portugal, Tes Cenografia, Vice Versa Interpretação e Visit Orlando. Mais informações no www.panrotas.com.br/forum.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA