Veja 5 dicas para as viajantes mulheres se protegerem

|


Dreamstime
Quase 50% de todas as reservas de viagens corporativas são para mulheres, de acordo com informações da Upside Business Travel, e a tendência é que este número cresça. Junto a isso vem a consciência de como as mulheres enfrentam riscos de segurança em comparação com seus colegas do sexo masculino.

De acordo com pesquisa realizada no ano passado pela Associação Global de Viagens de Negócios (GBTA) junto à AIG Travel Inc, 83% das mulheres afirmam ter experimentado um risco de segurança ou preocupação no ano passado enquanto viajavam a trabalho, mas apenas 53% delas reportaram essas experiências a seus gestores de viagens.

O estudo também identificou que somente 18% das políticas de viagens destinam diretrizes voltadas especificamente à segurança das viajantes mulheres. Essa é uma lacuna a ser preenchida e está levando um número crescente de empresas a atualizar suas políticas de mitigação de riscos e de cuidados de saúde.

Porém, enquanto as empresas não dão a devida atenção a esta questão, as viajantes podem tomar atitudes para protegerem a si mesmas enquanto estão na estrada. Confira quais são elas:

1. Confira o seguro de viagem

Se você é uma funcionária, pergunte ao seu empregador por sua documentação do programa de seguro viagem para que você saiba o que ele cobre. Se você trabalha por conta própria, é uma boa ideia pesquisar suas opções de compra de seguro viagem. Os sites com recomendações atualizadas de 2018 incluem Defesa dos Consumidores ou Revisão de Seguro Viagem. Além disso, não se esqueça de salvar uma versão eletrônica e imprimir uma cópia dos benefícios do seguro. Em seguida, compartilhe os detalhes dele com um membro da família confiável.

2. Hospede-se em um hotel conhecido

Ao escolher acomodações, ficar em um hotel conhecido costuma ser mais seguro do que se hospedar em locais desconhecidos. Alguns hotéis oferecem andares exclusivos para mulheres, então não hesite em perguntar antes de reservar, se for uma preferência pessoal. A Maiden Voyage também oferece uma lista de hotéis certificados para mulheres em todo o mundo. Se considerar isso mais seguro, você pode reservar as chegadas do seu voo para o dia, evitando chegar após o anoitecer e quando as ruas estão mais desertas.

Também é aconselhável saber a localização da embaixada ou do consulado do seu país mais próximo ao seu destino. Marque a opção de inscrever sua viagem para receber alertas de segurança e sua embaixada poderá entrar em contato com você em caso de emergência.

Não se esqueça de tirar cópias de seu passaporte para facilitar a apresentação de um relatório e obter uma substituição caso seu passaporte seja perdido ou roubado. Deixe uma cópia com um contato confiável em casa e leve uma com você. Faça o mesmo com seu itinerário de viagem, caso seu smartphone seja perdido ou roubado.

Por fim, aproveite as últimas tecnologias para se manter informada. Aplicativos como o TripIt mostram pontuações de segurança específicas para cada bairro, incluindo categorias relevantes como: segurança das mulheres, danos físicos, saúde e medicina, roubo e muito mais.

3. Não mostre seus pertences de valor
É sempre aconselhável evitar usar joias, bolsas, sapatos ou outros acessórios caros durante a sua viagem. Outra dica é usar calçados que propiciem conforto e mobilidade, para que você possa se mover rapidamente, se necessário.

Além disso, considere empacotar uma carteira falsa com uma pequena quantia de dinheiro e cartões de crédito vencidos. Se alguém vasculhar sua bolsa, é esses documentos que vão pegar. Em seguida, use um cinto de dinheiro oculto com o seu conteúdo de carteira "real".

Outros itens importantes a serem embalados incluem: carregadores para seus dispositivos digitais, um adaptador de tomada, se você estiver viajando internacionalmente, e pelo menos um suprimento de duas semanas de qualquer medicação que estiver tomando.

4. Chegue ao hotel com um plano de ação

Ao fazer o check-in no hotel, peça ao funcionário que escreva o número do seu quarto em um pedaço de papel ou na capa da chave, em vez de dizer em voz alta. Também solicite um quarto perto das escadas ou elevador para que você não tenha que andar por corredores vazios à noite, e não fique em um quarto no primeiro andar ou perto de escadas de saída, uma vez que são mais acessíveis e propensas a roubo.

Quando você chegar ao seu quarto, verifique se ele tem um olho mágico, fechadura e fechaduras também nas janelas, além de porta adjacente e na varanda. Se houver algum problema, solicite um quarto mais seguro.

Caso ouça uma batida na porta do seu quarto, ligue para a recepção para confirmar a identidade de alguém e se a porta do seu quarto estiver sempre aberta ou destrancada quando você voltar, não entre. Volte para a recepção e informe-os sobre o problema de segurança.


5. Não se esqueça de segurança cibernética e social
Viaje com dispositivos digitais que tenham pouca ou nenhuma informação relacionada a dados bancários ou confidenciais, fotografias pessoais ou informações comprometedoras, e sempre esteja atenta a possíveis vias para ataques cibernéticos, como o uso do wi-fi gratuito em locais públicos.

Evite também postar informações sobre as próximas datas de viagem e não publique seu paradeiro em tempo real on-line. Você pode compartilhar detalhes depois de voltar em segurança para casa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA