Novo perfil de viajantes corporativos mudará o Turismo

|


As novas tendências (e realidades) tecnológicas estão moldando o perfil de viajantes corporativos e também do próprio Turismo, de acordo com levantamento divulgado pela Amadeus. Os viajantes corporativos, ao que se consta, desejam usufruir de semelhantes experiências e serviços que um turista de lazer, embora as agendas e compromissos sejam mais difusas.

O relatório Managed Travel 3.0: an Insight from the Inside, apresenta também o potencial de evolução para todos os participantes do ecossistema de viagens enfocados no mercado corporativo.

TECNOLOGIAS
Apesar da maior parte dos programas de gestão de viagens terem por prioridade a responsabilidade social e otimização de gastos, as novas tecnologias já possibilitam que o viajante corporativo possa começar a pôr em prática o seu desejo de desfrutar de uma viagem menos restrita aos negócios, que visa equilibrar a liberdade de acesso e de opções com flexibilidade e controle. É o bleisure cada vez mais forte.

O novo formato de interação vem sendo chamado Managed Travel 3.0, com um viajante de negócios ainda mais exigente, mais conectado e mais informado do que antes. Os “cidadãos corporativos” utilizarão tecnologias móveis, de merchandising e personalização para montar seus itinerários de viagem, interagir, fazer transações e comunicar suas demandas.

BUSINESS-TO-BUSINESS
A gestão de viagens deverá se voltar cada vez mais às demandas do viajante corporativo. “Este foco nos cidadãos corporativos resultará em uma mudança de postura: de “business-to-business” centrada no canal de vendas, para uma nova abordagem focada na oferta ao cliente, possibilitada em grande parte pelas novas tecnologias”, comenta diretor de Contas Globais da Amadeus para a América Latina, Augusto Ohashi.

O relatório foi concluído em outubro de 2015 e reúne informações a partir de entrevistas com especialistas do setor e analises de dados de mercado, pesquisas de tendências e relatórios da própria Amadeus.


*Fonte: Amadeus

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA