TURISMO

Sete formas de se aproveitar seu "staycation" em São Paulo

O verão já esquenta o concreto da capital financeira no País e os impossibilitados de viajar no fim do ano podem acabar suando... frio. Muitas vezes, por força das circunstâncias, como programação no trabalho ou contas a pagar entre final de 2016 e chegada de 2017, a viagem de férias ou as festas de final do ano podem ficar para trás.

Mas postergar a viagem do ano não é o fim do mundo. Prática comumente adotada por nova-iorquinos com pedigree de workaholice - e, já que estamos falando de verão - sazonalmente adotada por europeus de cidades turísticas, o staycation é uma opção de diversão a baixo custo a quem tiver limitação de tempo e/ou orçamento. E mais: é a chance de se finalmente conhecer pontos turísticos e lugares famosos sempre deixados para depois na cidade em que se mora.

Gary Bembridge/Flickr

Cidade que brasileira que mais recebe turistas - muito por conta das viagens a trabalho -, São Paulo tem opções a baixo custo de sobra tanto para passeios em família quanto individuais. Com ajuda da SP Turis e do SP Convention Visitors Bureau, entidades que promovem a cidade como destino, o PANROTAS Corporativo listou sete passeios para se fazer em uma staycation em São Paulo:

CIRCUITO EM ÔNIBUS

Divulgação SPTuris

Paulistano está sempre subindo em ônibus, mas pouquíssimos deles já se sentaram em um assento da Linha Circular Turismo. Seu itinerário tem nove paradas em pontos turísticos, partindo da República. Com valor fixo (R$ 40), o usuário pode embarcar quantas vezes quiser em 24 horas e tem gratuidade na entrada de alguns espaços culturais.

EDIFÍCIO MATARAZZO
O edifício histórico acabou de passar por reformas e estará aberto para visita guiada a partir de novembro. Sede da Prefeitura, o prédio é aberto à visitação sem custos. Os roteiros passam pelo terceiro andar e pelo jardim na cobertura do prédio – onde há um belo mirante da cidade.

BICICLETA
Pedalar por São Paulo está cada vez mais agradável e seguro com a implantação da nova estrutura cicloviária. A bicicleta pode ser uma opção de locomoção aos que desejam conhecer a cidade e explorar pontos turísticos. Para isso, a prefeitura criou roteiros para conhecer São Paulo, que podem ser conferidos aqui.

ROTEIROS TEMÁTICOS
Apesar de conhecida pela pressa e trabalho, São Paulo também é lugar de lazer, cultura e diversão. As atrações que podem render dias a fio de descobertas podem ser divididas em roteiros temáticos. Também no site da cidade é possível conferir roteiros temáticos, que incluem visitas a locais de referência da arquitetura do centro, mirantes e até bairros e regiões.

MUSEUS
Emerson Souza

Pinacoteca, Masp, Centro Cultural Banco do Brasil e Instituto Tomie Ohtake são apenas alguns exemplos de museus obrigatórios em um roteiro para desvendar antiguidades da cultura brasileira.

ILUMINAÇÃO DE NATAL E RÉVEILLON
As atrações geralmente são definidas e divulgadas em novembro, mas certos locais já são conhecidos por atrair público nesta época do ano, como o Parque Ibirapuera.

ECOTURISMO

neiljs/Flickr

Esta é uma boa chance de se conhecer o extremo sul da cidade de São Paulo, ainda pouco conhecido e explorado. Por lá é possível fazer passeios pela Mata Atlântica. Lugares como Parque Estadual da Serra do Mar, Borboletário Águias da Serra, Mirante da Cratera e Cachoeira do Jamil são pontos obrigatórios a quem visita a região.

Também é possível fazer cicloturismo e náutico, como o passeio de escuna pela Represa de Guarapiranga.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora