TECNOLOGIA

Argo Solutions cresce 26% em receita no primeiro trimestre


Jhonatan Soares
Alexandre Arruda, da Argo Solutions
Alexandre Arruda, da Argo Solutions
A Argo Solutions teve alta de 26% na receita no primeiro trimestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior. O destaque do período foi a consolidação da operação internacional da empresa, que já representa mais de 20% da sua receita total.

“Temos metas agressivas para 2019 e esperamos crescer 40%, mesmo estando inseridos no mercado de viagens corporativas, que cresce em um ritmo que não costuma chegar a 10% ao ano. O excelente resultado do primeiro trimestre, que costuma ser o mais fraco, quando os negócios ainda estão aquecendo, nos mostrou que nosso planejamento está no caminho certo”, afirma o CEO da empresa, Alexandre Arruda.

Até 2023, a Argo espera que 50% da sua receita venha de fora do Brasil. No México, a expectativa é crescer 147% este ano, com resultados mais positivos a partir do segundo semestre. “Crescemos no trimestre 48% no México, que é nosso mercado prioritário. Em Latam, como chamamos todas as operações da América Latina, menos Brasil e México, crescemos 30%”, destaca o executivo.

EXPECTATIVAS

Para o segundo trimestre, a empresa pretende crescer 34% em relação ao mesmo período de 2018. “Este ano, já batemos o recorde de implantações em novos clientes. Temos, atualmente, mais de 30 ongoing, em diferentes países. Apenas no primeiro trimestre deste ano, dobramos o número de vendas para novos clientes que alcançamos durante 2018 inteiro.”

A Argo Solutions começou o ano com 99 colaboradores e já conta com 109. A ideia é acabar 2019 com 134 funcionários, com presença física nas operações da Colômbia, México, Argentina e Chile, além do Brasil.

A empresa está fechando uma série de alianças globais com players, que tratam-se de parceiros tecnológicos, voltados para produto e inovação, e de novos canais de vendas. ““Estamos focados na evolução da inteligência dos nossos processos, para tornar o nosso produto, que já é tão completo e robusto, cada vez mais simples para o usuário final.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora