SAP Concur lança módulo no Brasil focado em sustentabilidade

|

A pauta ESG – Environmental, Social and Corporate Governance (Governança Ambiental, Social e Corporativa) – está cada vez mais em alta, principalmente após o início da pandemia do novo coronavírus. Para uma empresa, abordar a sustentabilidade, tanto ambiental quanto social, não é mais um diferencial, e, sim, uma obrigação.

O tema, que também passou pelo impacto nas viagens corporativas, foi discutido em um webinar promovido pela SAP Brasil na manhã desta quinta-feira (21). Qual a relação da tecnologia nesse cenário? Como ela impacta na sustentabilidade?

“O que a covid-19 fez foi relembrar que na conexão entre as pessoas e o mercado, a natureza é a base de tudo e precisamos cuidar dela e pensar nela a longo prazo. Por isso, criamos um comitê de responsabilidade recentemente com as missões de ser um exemplo, de agir internamente, com ações sustentáveis, além de tornar a SAP uma capacitadora dos nossos clientes. Temos uma responsabilidade enorme de que nossos produtos e o que fazemos está tocando as empresas e como elas estão influenciando consumidores no Brasil”, conta o CFO da companhia, Paulo Mendes.
Divulgação
Valéria Soska, vice-presidente do SAP Concur na América Latina
Valéria Soska, vice-presidente do SAP Concur na América Latina

SUSTENTABILIDADE E VIAGENS
De acordo com uma pesquisa realizada pela Oxford Economics a pedido do SAP Concur, 80% de quem viaja a negócios estaria mais disposto a trabalhar para uma empresa que integra a sustentabilidade em sua política corporativa.

"A tecnologia é uma grande aliada das empresas que estão atualizando seus protocolos internos para atender as demandas verificadas nos últimos meses e se preparar para um novo cenário social e ambientalmente responsável", comenta a vice-presidente do SAP Concur na América Latina, Valéria Soska.

As soluções da empresa de tecnologia são pensadas e criadas com o intuito de ter cada vez mais dados e mecanismos para ajudar na tomada de decisões e dentro da ferramenta voltada para gestão de despesas e viagens corporativas não é diferente. Por meio de uma pré-configuração que já estava disponível na Europa e que acaba de chegar ao Brasil, agora é possível ter insights e fazer escolhas de viagens baseadas neste viés da sustentabilidade.

“É possível listar voos por ordem de emissão de carbono, aeronaves que poluem mais ou menos, hotéis que são sustentáveis e eco friendly, que possuem política de troca de roupa de cama e banho mais adequada, opções de trem em certos trechos... Combinando módulos da própria solução – o Tripit e o Business Intelligence –, conseguimos medir e ter todos esses insights. A ideia é que nossos discursos de pré-venda e apresentação dessa nova possibilidade coloquem essa questão como um tema muito importante”, pontua Valéria.

O SAP Concur conta também com um questionário – disponível no momento na Espanha e no Reino Unido, mas, em breve, no País – que é possível medir qual o grau de sustentabilidade a empresa tem em viagens corporativas. As perguntas vão desde como o tema é abordado na política de viagens, qual o sentimento em relação a deslocamentos sustentáveis, até ações para aumentar a conscientização sobre essas viagens, entre outras.

“São também nas pequenas coisas, como usar um taxi modelo híbrido, trocar o carro por patinete ou bike, quando o trecho é curto, optar por hotel sustentável, que impacta. É no dia a dia, nos mínimos detalhes. Se formos conscientes nas nossas escolhas e a ferramenta pode justamente ajudar nessas decisões. Podemos fazer viagens a negócios muito mais sustentáveis e viver de maneira muito melhor corporativamente se dermos esses passos”, finaliza Valéria.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA