Copastur lança mini documentário para abordar o afroturismo

|


Divulgação
Hubber Clemente, Cristiane Santos, Denise Rodrigues, Julia Souza, Edmar Mendoza, Mauricio Santos e Filipe Freire
Hubber Clemente, Cristiane Santos, Denise Rodrigues, Julia Souza, Edmar Mendoza, Mauricio Santos e Filipe Freire
A Copastur realizou o lançamento do seu mini documentário “Afroturismo: Tempo de Liberdade” na última terça-feira (10) na sede carioca da empresa. Em São Paulo também houve a estreia no último sábado (14), no Espaço Cultural Cine Quebrada, localizado na Cohab Juscelino Kubitschek, em Guaianases. A produção do filme foi resultado da ação educativa "Caminhada da Consciência Negra" realizada em novembro de 2021 pela TMC, em parceria com a plataforma Guia Negro em São Paulo e a Sou+Carioca no Rio.

“A intenção do filme é trazer a pauta do Afroturismo para o nosso mercado corporativo, usando nossa influência para elevar o nível de consciência dos nossos públicos a cerca do tema”, comenta a líder de Diversidade e Inclusão na Copastur, Julia Souza.

Com depoimentos e trechos da caminhada, o mini documentário levanta a questão da necessidade de abordar a pauta racial no setor do Turismo, além de instigar o interesse entre colaboradoras, clientes, fornecedores e sociedade em geral.

Além do lançamento do filme foram realizadas rodas de conversa. No Rio de Janeiro o bate papo teve a presença de Dani Mahmud e Cosme Felippsen com mediação de Julia Farine. Já em São Paulo a discussão contou com Cristiane Santos, Denise Rodrigues, Hubber Clemente e mediação de Maurício Santos.

Segundo a Copastur, o objetivo foi trazer o ponto de vista dos convidados, que são atuantes no Afroturismo, sobre o tema e, principalmente, como o mercado pode contribuir com o movimento, engajando e conscientizando os participantes.

A seguir, assista ao documentário


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA