Com compra da Jet Stream, Tastur quer unir forças para crescer

|

Divulgação
Livia Azzuz Athayde e Ezio Athayde de Souza Junior, do Grupo Tastur
Livia Azzuz Athayde e Ezio Athayde de Souza Junior, do Grupo Tastur
No mês de junho foi anunciado que a Jet Stream, TMC fundada em São Paulo em 1985 por Francisco Leme, foi comprada por uma companhia de Franca, interior de São Paulo. O comprador é o Grupo Tastur Viagens, que, assim como a JetStream, conta com mais de 30 anos de trajetória, estando há 33 anos no mercado. Por trás da empresa estão os sócios Ezio Athayde de Souza Junior e Livia Azzuz Athayde, que, agora, passam a tocar a agência da capital paulista, juntamente com outros executivos, como Gisela Maranhão, contratada para atuar como diretora.

“Na pandemia, passamos por um processo de consultoria, fizemos treinamentos, alterações, remodelações na agência, aproveitando este momento mais ‘parado’. No final de tudo isso, vimos a necessidade de ter uma base em São Paulo. A oportunidade de adquirir a Jet Stream surgiu e a nossa forma de encarar os negócios era muito parecida com a de Chico. Deu tudo certo muito rápido”, conta Athayde.

Quando fundada, em um primeiro momento, a empresa trabalhava apenas com lazer em Franca. Com o tempo, passou a atender clientes corporativos, como as indústrias de calçado – que são fortes na região – e outros foram surgindo, juntamente com algumas empresas da capital paulista. Foi neste sentido que a compra veio para aumentar a dimensão do grupo.

O que está sendo aplicado por meio da agência do interior é o atendimento, que é bastante personalizado e individualizado. “Que em São Paulo também já era feito. Mas vamos unir ainda com a parte tecnológica e entramos forte, principalmente, com a parte de eventos. Estamos com alguns clientes já produzindo eventos e contratamos pessoas especializadas para isso.”

UNINDO FORÇAS
Segundo Ezio Athayde, o principal objetivo desta transação é unir as duas forças, dar sequência ao que já era realizado pela Jet Stream, mantendo as equipes e a estrutura, mas aplicando o que é feito de bom em uma empresa na outra.

“O primeiro mês ainda é muito burocrático, é preciso cuidar da papelada, da parte da sociedade. Mas já entramos na parte prática de fornecedores e negociações. São duas empresas de porte médio, que estão se unindo para formar uma empresa maior, mais forte e conceituada em questão de faturamento”, explica.

Em termos jurídicos, serão duas empresas separadas e autônomas, mas, dentro do ecossistema, trabalharão em conjunto, se complementando. Como a Jet não atendia lazer, a Tastur está trazendo atendentes e implementando este segmento na empresa em São Paulo. As necessidades de cada uma das agências serão analisadas e, de acordo com Athayde, “minha ideia é explorar o que ainda não está sendo muito explorado”.

ESTRUTURA
Com Francisco Leme deixando, aos poucos, a direção da Jet Stream, Ezio Athayde assume como CEO, Gisela Maranhão é a diretora executiva – fazendo a união das duas empresas, pensando no formato do grupo – e Kamila Bulzing atua como gerente das agências de Franca e Ituverava (SP), respondendo à Gisela. Livia Athayde, esposa e sócia de Ezio, é a presidente do Conselho e cuida de toda a parte de lazer e grupos da Tastur.

“Esta compra foi para fortalecer a nossa posição, especialmente em São Paulo. Trazemos uma marca forte e conceituada como a Jet à nossa, que ainda não é tão conhecida assim. O plano é dar evasão para esse crescimento de novos clientes, principalmente na área de eventos, e nos dar mais segurança para trabalhar na capital paulista, tanto para clientes já existentes quanto para a nova clientela que estamos buscando. Estar presente fisicamente na cidade de São Paulo nos dá uma agilidade maior”, finaliza Athayde.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA