EMPRESAS

Gol envia comunicado a investidores sobre fim da parceria com Delta


Divulgação
Depois de dois dias de muita surpresa no mundo da aviação (e parte do Turismo brasileiro em meio à Abav Expo), na noite desta sexta-feira, 27, a Gol Linhas Aéreas enviou aos investidores comunicado sobre o fim de sua parceria com a americana Delta Air Lines.

Como havia feito em resposta ao Portal PANROTAS, a empresa brasileira cita que apenas 0,3% da receita da companhia vem da parceria com a Delta, “não esperando impacto financeiro significativo”. Ainda não há detalhes sobre o período de transição, mas a Gol afirma que trabalhará com a Delta para que os clientes sejam atendidos na normalidade.

A Delta Air Lines anunciou na quinta-feira, 26, uma parceria estratégica com a Latam, na qual vai investir US$ 1,9 bilhão por 20% do grupo sediado no Chile, mais um aporte para a compra de 14 aeronaves.

Comunicado da Gol aos investidores.
“A GOL Linhas Aéreas Inteligentes S.A. (B3: GOLL4 e NYSE: GOL) - a Delta foi uma ótima parceira da GOL e desejamos-lhes sucesso. Valorizamos nossa parceria com a Delta e estamos felizes em ver essa contínua confiança no mercado de aviação da América Latina.

Não se espera que a descontinuidade desse codeshare e investimento nas ações preferenciais da GOL tenha um impacto financeiro significativo para a Companhia, pois o relacionamento atual gerou aproximadamente 0,3% da receita total da GOL.

Durante o período de transição, a GOL trabalhará com a Delta para garantir uma ótima experiência aos clientes.

A GOL Linhas Aéreas é a maior companhia aérea doméstica brasileira e espera competir e crescer nos mercados em que atua.

A GOL teve um forte ano, com a receita de passageiros subindo 37,9% na comparação anual, no segundo trimestre de 2019, e está confiante sobre os resultados no final do ano.

Gol Linhas Aéreas Inteligentes
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA