Bahia terá mais de 14 mil voos durante a alta temporada

|


Divulgação
Serão mais de 14 mil desembarques nos grandes municípios turísticos do Estado
Serão mais de 14 mil desembarques nos grandes municípios turísticos do Estado
Com a chegada da alta temporada, a oferta de voos para a Bahia aumentará significativamente para atender à demanda turística. Somando as médias previstas para os aeroportos dos grandes municípios turísticos, como Salvador, Porto Seguro e Ilhéus, o número de desembarques ultrapassa os 14 mil durante o período.

De acordo com a administradora Vinci Airports, estão previstos 11.574 voos somente para o aeroporto de Salvador, entre dezembro e março. Para Porto Seguro, a média de voos chega a 2.630, sendo 1.429 frequências regulares e 1.201 correspondentes a extras, fretamento e charters. Já Ilhéus contará com 491 voos, dos quais 184 serão extras, de acordo com a Socicam Aeroportos.

A cidade de Lençóis, considerada o portal da Chapada Diamantina, contará com um voo extra da Azul nas terças-feiras de janeiro, no aeroporto Coronel Horácio de Matos. Em Vitória da Conquista, o aeroporto Glauber Rocha terá duas operações semanais extras da Gol Linhas Aéreas, entre 22 de dezembro e 7 de janeiro.

“A ampliação da malha aérea é fundamental para que o número de turistas que circulam pela Bahia cresça, por isso fizemos um trabalho constante de prospecção de novos voos junto a empresas aéreas e agências no Brasil e no exterior ao longo do ano, com o incentivo das novas medidas determinadas pelo Governo do Estado”, afirma o secretário estadual do Turismo, Fausto Franco.

Para atender a demanda de verão, a Azul disponibilizou 592 voos extras para a Bahia entre 20 de dezembro e 3 de fevereiro, enquanto a Latam terá um contingente extra de 90 voos na rota Guarulhos-Porto Seguro. A Gol, por sua vez, anunciou a criação de mais de 4.500 voos extras entre dezembro e março para atender todo o Brasil e exterior. Serão 12 novas rotas no período, incluindo Curitiba a Salvador, Confins a Porto Seguro e São Paulo a Ilhéus.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA