Aeroportos baianos notam recuperação na malha neste mês

|

Depois de meses de recuo no número de voos por todo o Brasil, a Bahia registra uma surpreendente recuperação da malha aérea até aqui neste janeiro de 2021. No aeroporto de Salvador, a recomposição chega a cerca de 85% em relação ao período anterior à crise do covid-19. Em outros destinos turísticos do Estado, como Porto Seguro, o número de frequências também é próximo ao do mesmo período de 2020, enquanto em Ilhéus chega a ser superior.

Divulgação
A Anac prevê que este mês o aeroporto de Salvador realize mais de 2,5 mil voos domésticos e 26 internacionais
A Anac prevê que este mês o aeroporto de Salvador realize mais de 2,5 mil voos domésticos e 26 internacionais
As informações são da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), que ainda prevê que este mês o aeroporto de Salvador realize mais de 2,5 mil voos domésticos e 26 internacionais.

A oferta prevista para janeiro de 2021 é de 813.107 assentos, equivalente a aproximadamente 85% do que foi ofertado no mesmo mês do ano anterior, quando chegou a 956.942. Em comparação ao auge da pandemia, em abril, quando o número de assentos ofertados foi de 36.428, o crescimento previsto para este mês de janeiro é superior a 2.000%.

Responsável pela administração do aeroporto da capital baiana, a Vinci Airport informa que a recuperação se dá de maneira mais acelerada na malha doméstica, que em janeiro de 2021 está ofertando 799.848 assentos, enquanto que no mesmo período de 2020 o volume foi de 898.421. A reposição mais expressiva é da Gol Linhas Aéreas, que, além de repor a malha disponível em janeiro de 2021, aumentou em 25% a sua oferta de assentos no Salvador Bahia Airport.

Os voos internacionais, que chegaram a ser totalmente suspensos nos primeiros meses da pandemia, vêm voltando gradativamente. A primeira companhia a retomar as frequências, já em setembro, foi a portuguesa TAP, que interliga Salvador a Lisboa. Em dezembro, Salvador voltou a receber voos de Buenos Aires, pela Aerolíneas Argentinas; de Madri, pela Air Europa, e de Santiago do Chile, pela JetSmart.

INTERIOR BAIANO
No aeroporto de Porto Seguro, segundo o gerente de operações Marcos Correia (Sinart), a média de desembarques passou de 539 em dezembro para 941 este mês, número muito próximo ao de janeiro de 2020, quando chegou a 983. A maioria é procedente de cidades como São Paulo, Brasília, Salvador e Belo Horizonte, além de Porto Alegre, Rio de Janeiro, Vitória e cidades do interior de São Paulo.

As operações são feitas pelas companhias Gol, Latam e Passaredo. A média em cada voo é de 140 passageiros.

Em Ilhéus, os voos começaram a retornar em junho, depois do período crítico da pandemia. A concessionária Socicam informa que, no total, estão previstos 399 voos para este mês. No mesmo período do ano passado, foram realizados 333 pousos e decolagens.

São voos procedentes de lugares como São Paulo (aeroportos de Guarulhos, Congonhas e Viracopos), Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Brasília e Salvador. As operações são da Gol, Azul, Latam e VoePass.

No aeroporto de Vitória da Conquista estão previstos 228 voos em janeiro, operados pela Azul, Gol e VoePass, interligando destinos como Confins (MG), Guarulhos (SP) e Salvador (BA). O número é igual à malha aérea atendida no mesmo período do ano passado, de acordo com a administradora Socicam.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA